Mercado abrirá em 3 h 3 min
  • BOVESPA

    119.710,03
    -3.253,98 (-2,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.748,41
    -906,88 (-1,83%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,41
    -1,67 (-2,53%)
     
  • OURO

    1.813,70
    -9,10 (-0,50%)
     
  • BTC-USD

    48.994,27
    -7.953,40 (-13,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.318,56
    -245,27 (-15,68%)
     
  • S&P500

    4.063,04
    -89,06 (-2,14%)
     
  • DOW JONES

    33.587,66
    -681,50 (-1,99%)
     
  • FTSE

    6.860,18
    -144,45 (-2,06%)
     
  • HANG SENG

    27.718,67
    -512,37 (-1,81%)
     
  • NIKKEI

    27.448,01
    -699,50 (-2,49%)
     
  • NASDAQ

    12.974,00
    -24,50 (-0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4178
    +0,0123 (+0,19%)
     

França anuncia multa de 1.500 euros a viajantes que não cumprem quarentena

·1 minuto de leitura
O porta-voz do governo francês, Gabriel Attal

Os viajantes procedentes do Brasil, Argentina, Chile e África do Sul que violarem a quarentena obrigatória de 10 dias ao chegar à França terão que pagar uma multa de 1.500 euros (1.800 dólares), anunciou o porta-voz do governo, Gabriel Attal.

"A polícia fará controles para verificar que estão no local onde devem permanecer isolados", disse Attal à rádio Europe 1. Em caso de reincidência, a multa chegará a 3.000 euros, completou.

A França anunciou no sábado que estabelecerá uma quarentena obrigatória de 10 dias para os viajantes procedentes do Brasil, Argentina, Chile e África do Sul, devido à preocupação crescente com as variantes de covid-19.

Os voos com o Brasil estão suspensos, mas prosseguem com os outros três países, pois, segundo Paris, a presença de variantes "não alcança os níveis observados no Brasil".

A quarentena obrigatória para os viajantes será aplicada de maneira progressiva até sua entrada plena em vigor em 24 de abril. Também afetará os viajantes procedentes do território francês da Guiana.

ggy-meb/zm/fp