França anuncia estímulo para emprego de jovens

O presidente da França, François Hollande, apresentou um plano destinado a impulsionar os empregos de contrato permanente para os jovens no país, informou o The Wall Street Journal. Segundo a proposta, o governo dará 4 mil euros (US$ 5.276) por ano durante três anos para pequenas empresas que contratarem uma pessoa jovem com contrato permanente e se comprometerem em manter um empregado com 57 anos, ou mais.

Na França, muitos jovens franceses alternam entre trabalhos temporários e períodos sem trabalho. Entre os jovens com idades entre 15 e 24 anos que procuram emprego, apenas um em cada cinco consegue assinar contratos de longo prazo que vêm com uma forte proteção contra demissão, de acordo com o governo francês.

As empresas com mais de 300 empregados não receberão incentivos financeiros, mas enfrentarão sanções, se não negociarem acordo com seus empregados que incluam metas para emprego de trabalhadores jovens e idosos.

O governo francês espera que cerca de meio milhão de jovens vai encontrar empregos permanentes ao longo dos próximos cinco anos como consequência da medida, que poderia custar ao governo cerca de 1 bilhão de euros por ano quando estiver em vigor.

Economistas dizem que o número de novos postos de trabalho reais deverá ficar muito mais baixo com a medida, porque o governo subsidiará empregos que teriam sido criados de qualquer maneira. De acordo com a OFCE, um instituto de pesquisa econômica de Paris, apenas cerca de 100 mil novos postos de trabalho serão criados.

As empresas francesas dizem que estão relutantes em contratar jovens com contratos permanentes, porque isso dá aos funcionários um nível de proteção que as companhias não podem se dar ao luxo de conceder, mesmo que tenham o subsídio proposto por Hollande. "É ótimo ter 4 mil (euros), mas, se o novo empregado não é bom, não sabemos quanto tempo vamos ficar presos a ele", disse Philippe Lehmann, que dirige a Lehmann Sarl, uma fábrica de peças mecânicas em Molsheim, no leste da França, que emprega sete pessoas. As informações são da Dow Jones.

Carregando...