Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,46 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.460,94
    +609,29 (+2,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1528
    -0,0660 (-1,26%)
     

Fracassa em NY tentativa de criar 2º sindicato de funcionários da Amazon

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Trabalhadores favoráveis à sindicalização de um segundo armazém da Amazon em Staten Island não conseguiram os votos suficientes para formar uma associação (AFP/STEPHANIE KEITH) (STEPHANIE KEITH)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Trabalhadores de uma sede da Amazon em Nova York rejeitaram a criação de um sindicato, segundo a contagem de votos divulgada nesta segunda-feira (2), um mês depois que os funcionários de um depósito vizinho conseguiram formar sua associação.

De acordo com os resultados divulgados por funcionários do governo dos EUA, 62% dos trabalhadores nas instalações de Staten Island votaram contra o sindicato, com 618 votos contra e 380 a favor.

A eleição no LDJ5 foi realizada após a vitória inesperada do sindicato da Amazon, em 1º de abril, no depósito JFK8 de Staten Island, que estabeleceu o primeiro sindicato de trabalhadores da companhia nos Estados Unidos.

O resultado de abril é uma das maiores vitórias recentes dos trabalhadores, o que gerou aplausos do presidente Joe Biden e de outros líderes sindicais, alguns dos quais visitaram Staten Island antes da votação.

Contudo, os trabalhadores amargaram uma derrota nesta última campanha.

"A contagem terminou. A eleição terminou sem o reconhecimento do sindicato", declarou a união sindical no Twitter. "A organização continuará nestas instalações e além. A luta está apenas começando", acrescentou.

A empresa Amazon, por sua vez, está questionando a vitória sindical conseguida em abril, alegando que os representantes do grupo intimidaram os trabalhadores e que os funcionários do governo e a Junta Nacional de Relações Trabalhistas (NLRB, na sigla em inglês) agiram de forma tendenciosa contra a companhia.

Em um comunicado oficial, a NLRB marcou uma audiência sobre as queixas apresentadas pela Amazon para o dia 23 de maio em Phoenix, no Arizona.

A união sindical, por sua vez, rejeitou as queixas da Amazon ao considerá-las sem fundamento, alegando que a empresa usa táticas dilatórias para evitar negociar um contrato.

jum-jmb/st/cjc/gm/rpr/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos