Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.661,93
    -2.032,17 (-5,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Foxconn confirma que fabricará carros elétricos para a Fisker nos EUA

·1 minuto de leitura

A Foxconn anunciou sua entrada no mercado de carros elétricos com um acordo com a startup estadunidense Fisker, conhecida por já ter desenvolvido alguns desses veículos. A parceria dará origem ao Personal Electric Automotive Revolution (Revolução Automotiva Elétrica Pessoal, ou PEAR), que promete ser um carro elétrico revolucionário.

Depois de muitos rumores, a fabricante taiwanesa vai mesmo se aventurar nesse segmento, mas, ao contrário das previsões, não estará sozinha. Foxconn e Fisker assinaram um memorando de entendimento em fevereiro deste ano, já com um pré-acordo definido. Com a parceria, as empresas planejam fabricar 250 mil carros por ano em diferentes países, mas com a primeira leva de veículos sendo feita somente nos Estados Unidos a partir de 2023. Depois disso, serão construídas fábricas na Europa, Canadá, China e Índia.

Poucos detalhes foram dados pelas empresas sobre o carro e a localização das duas primeiras fábricas, mas, segundo a Fisker, o foco do Projeto PEAR será a inovação, não confirmando se a carroceria do veículo será de um SUV ou de um compacto. Esperam-se, porém, muitos itens tecnológicos e de segurança.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Sobre o preço, especula-se que seja na faixa dos US$ 30 mil, o que o coloca como um carro até que acessível dentro dos padrões dos veículos elétricos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos