Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.667,78
    +440,32 (+0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.151,38
    -116,95 (-0,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,45
    +0,23 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,60
    +4,70 (+0,26%)
     
  • BTC-USD

    49.631,88
    +1.588,64 (+3,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    979,60
    -35,32 (-3,48%)
     
  • S&P500

    3.925,43
    +44,06 (+1,14%)
     
  • DOW JONES

    31.961,86
    +424,51 (+1,35%)
     
  • FTSE

    6.658,97
    +33,03 (+0,50%)
     
  • HANG SENG

    29.718,24
    -914,40 (-2,99%)
     
  • NIKKEI

    29.671,70
    -484,33 (-1,61%)
     
  • NASDAQ

    13.307,00
    +5,00 (+0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5801
    -0,0304 (-0,46%)
     

Fosun fará nova injeção de capital na Guide de olho em IPO em 3 anos

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - A Guide Investimentos anunciou nesta segunda-feira que os sócios chineses do Grupo Fosun farão mais aportes de capital na corretora em 2021, com o novo plano de investimento apoiando uma expansão de mais de cinco vezes do quadro de escritórios e de agentes independentes, de olho na sua listagem em três anos.

"O dinheiro será aplicado principalmente em tecnologia e inovação, além de ser visto como um impulso para a corretora alcançar o IPO dentro de três anos", afirmou a Guide, sem revelar o montante dos aportes. Em 2019, o Fosun fez um aumento de 100 milhões de reais na corretora.

O novo plano de investimentos vem sendo discutido desde o segundo semestre de 2020 e, segundo a corretora, busca o aumento do índice de satisfação de seus clientes. Além o desenvolvimento tecnológico, apoiará o lançamento de novos projetos, a expansão da frente de assessoria, entre outros.

"Como maior economia da América do Sul, o Brasil tem um grande potencial", afirmou em nota Wilson Jin, sócio global da Fosun, elencando os investimentos do conglomerado na indústria de gestão de patrimônios e gestão de ativos no país.

A Guide também disse que pretende ampliar, no primeiro semestre de 2021, o modelo de "partnership", que levará muitos funcionários a se tornarem sócios nos próximos cinco anos.

"Somos uma das poucas plataformas de investimento independentes, não vinculadas a nenhum banco, e vamos continuar a seguir o nosso propósito de orientar os nossos clientes...sem conflitos e com mais autonomia e robustez", afirmou o presidente da Guide, Fernando Cardozo, também em comunicado.

(Por Paula Arend Laier)