Mercado fechará em 5 h 52 min

Fortnite | Batalha entre Apple e Epic vai a júri com decisão só em 2021

Wagner Wakka
·3 minutos de leitura

A batalha entre a Epic Games e a Apple sobre Fortnite será lavada a júri nos Estados Unidos. A decisão foi tomada na última segunda-feira (28) pela juíza do da Califórnia Yvonne Gonzalez Rogers. Segundo ela, a movimentação vai além de questões legais antitruste, o que demanda uma decisão por júri. O caso deve ser retomado somente em julho do ano que vem.

Na decisão, a juíza acusou a Epic de “mentir por omissão”. No caso, ela se refere ao fato de que a empresa disse à justiça que houve retaliação da Apple quando tentou vender moedas do jogo por fora da App Store. Para Rogers, a desenvolvedora sabia que estava ferindo os termos da loja da Maçã, e que poderia sofrer consequências sobre isso. “Vocês de fato fizeram alguma coisa, vocês mentiram por omissão, sobre não saber o que aconteceria. Há uma série de pessoas no público que os consideram heróis por conta do que vocês fizeram, mas isso não é honesto”, disse a juíza.

Ela também rebateu o argumento da Epic de que a App Store reunia dois serviços ilegalmente: o de ser uma loja de aplicativos e um meio de pagamento. “Eu particularmente não estou convencida. Eu só não a vejo [a App Store] como produtos separados e distintos”, concluiu.

Ainda, ela usou exemplos de outras companhias, com o argumento de que ter uma loja fechada para jogos é comum no setor de games. A juíza lembra que empresas como Nintendo, Sony e Microsoft sempre tiveram seus ambientes fechados, como é a App Store. “O que a Apple está fazendo não é muito diferente [das outras empresas de jogos]… é difícil ignorar questões econômicas de uma indústria, que é o que vocês estão me pedindo para fazer”, afirmou.

Por conta disso, a decisão vai acontecer em conjunto por júri, o qual precisa ser ainda reunido até julho do ano que vem. Com isso, pelo menos até lá, não será possível jogar Fortnite por aparelhos iOS.

Entenda o caso 

Em agosto, a Epic lançou um modelo de vendas de moedas de Fortnite sem pagar os 30% que a App Store e Play Store cobra de desenvolvedores. Com isso, tanto Apple quando Google retiraram o jogo de suas lojas, alegando que a Epic feriu termos de uso da loja.

Com isso, a desenvolvedora entrou com processo contra a Apple e Google para tentar recolocar seus jogos nas duas plataformas. Na mesma ação, ainda acusou as empresas de postura anticompetitivas ao não só cobrarem a taxa de 30% dos desenvolvedores, bem como não permitirem outras formas de venda.

Como visto, o caso ainda corre na justiça e deve durar ao menos até julho de 2021.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: