Mercado abrirá em 9 h 35 min
  • BOVESPA

    109.786,30
    +2.407,38 (+2,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.736,48
    +469,28 (+1,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,64
    +0,73 (+1,63%)
     
  • OURO

    1.807,30
    +2,70 (+0,15%)
     
  • BTC-USD

    19.024,48
    -44,01 (-0,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    378,10
    +8,35 (+2,26%)
     
  • S&P500

    3.635,41
    +57,82 (+1,62%)
     
  • DOW JONES

    30.046,24
    +454,97 (+1,54%)
     
  • FTSE

    6.432,17
    +98,33 (+1,55%)
     
  • HANG SENG

    26.875,11
    +286,91 (+1,08%)
     
  • NIKKEI

    26.633,52
    +467,93 (+1,79%)
     
  • NASDAQ

    12.159,25
    +83,25 (+0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4013
    +0,0044 (+0,07%)
     

Fornecedora de armazenamento de petróleo está quase sem espaço

Jack Wittels
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A Royal Vopak, maior fornecedora mundial independente de armazenamento de petróleo, não tem espaço livre em seus principais locais de comercialização de combustível nos Países Baixos, Emirados Árabes Unidos e Cingapura.

“Nos principais hubs, estamos praticamente completos”, disse Gerard Paulides, diretor financeiro da Vopak, em entrevista por telefone.

Quando governos do mundo todo impuseram restrições devido à pandemia no início do ano, a queda da demanda por petróleo criou um excesso que obrigou operadores a armazenarem milhões de barris de petróleo e derivados em tanques terrestres, no mar e até mesmo em pequenas barcaças. Agora, com a nova onda de restrições em toda a Europa, a capacidade de armazenamento está novamente em foco.

Para a Vopak, com sede em Rotterdam e que possui tanques em terra, a única capacidade de petróleo não alugada em seus principais centro é a que está em manutenção, disse Paulides, acrescentando que há aberturas ocasionais em locais de distribuição separados. Em julho, a empresa disse que quase todos seus tanques de armazenamento de petróleo estavam alugados.

A taxa de ocupação total da Vopak, que inclui outras commodities como gás e produtos químicos, atingiu mais de 90% no terceiro trimestre, sustentada pela demanda por armazenamento de petróleo, de acordo com uma apresentação. Esse é o nível mais alto em qualquer período de três meses desde pelo menos o início de 2019.

Outros dados sugerem que o mercado ainda tem um longo caminho a percorrer antes de se reequilibrar totalmente. Embora a quantidade de petróleo mantida em armazenamento flutuante tenha caído cerca de 30% desde o pico em junho, ainda é mais do que o dobro da média de três anos, de acordo com dados da Vortexa.

A maior produção de petróleo da Líbia reforça a oferta, embora negociações entre a Opep e aliados para um possível adiamento do aumento produção programado em janeiro estejam avançando.

No geral, a capacidade de armazenamento de petróleo é limitada na Europa, Oriente Médio e região de Cingapura, de acordo com Krien van Beek, corretora da ODIN-RVB Tank Storage Solutions. Nos EUA, onde os contratos de estoque tendem a ser mais curtos do que na Europa, há certa capacidade disponível. No entanto, o interesse é limitado até agora e esses tanques provavelmente não serão “arrematados rapidamente”, disse.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.