Mercado fechado

Ford: sucessor do EcoSport na Índia terá motor 1.5 turbo da Mahindra

br.info@motor1.com (Dyogo Fagundes)
Ford Kuga 2020 sketch

Parceria firmada desde o ano passado originará também inédito crossover médio

Anunciada desde meados de 2018 com o objetivo de dar suporte ao desenvolvimento conjunto de novos SUVs, a parceria estratégica firmada entre as marcas Ford e Mahindra não deve demorar para render frutos na Índia. Conforme revela a imprensa daquele país, o primeiro projeto a chegar ao mercado será de um inédito SUV médio conhecido internamente como W605.

Estreará no primeiro trimestre de 2021 e será posicionado no chamado segmento C, tendo o Jeep Compass como rival direto. Pelo lado da Mahindra, este mesmo projeto originará o sucessor do atual XUV500, cujo codinome interno é W601. Em comum, ambos terão motores e plataforma, mas com design completamente diferente e fiel à filosofia de cada marca.

Outro projeto bastante importante é o B745, que poderá originar o sucessor o EcoSport no mercado local. Será lançado em 2022 e terá comprimento na cada dos 4,30 metros - sendo apontado como principal rival do Hyundai Creta. Também será construído sobre uma plataforma de origem Mahindra (que terá seu equivalente chamado XUV400) e adotará motores da marca indiana.

Leia também:

Entre os principais, destaque para o 1.5 mStallion T-GDi de 163 cv, equipado com turbocompressor, intercooler e injeção direta de combustível. É o mesmo propulsor usado pelo SsangYong Korando (marca controlada pela Mahindra) e sem qualquer relação com a atual linha de motores Dragon ou EcoBoost da Ford.

Ford Ecosport Titanium EcoBoost

A estratégia de adotar motores locais no lugar daqueles de fabricação própria parece que será a nova regra por lá. Prova disso é que poucos meses depois de perder o 1.0 EcoBoost, o EcoSport local (ainda na atual geração) passará a ser equipado com o 1.2 turbo desenvolvido pela Mahindra. 

No Brasil, os impactos dessa parceria ainda são desconhecidos. A Ford daqui também trabalha no desenvolvimento de novos SUVs, a serem fabricados em Camaçari (BA), mas ainda é desconhecido o grau de proximidade com os projetos indianos.


Source: Autocar Índia