Mercado fechado

Ford registra patente de para-brisa que chega até a metade do teto

Felipe Ribeiro

A Ford quer que os proprietários peguem um bronze enquanto dirigem seus automóveis. A montadora registrou um pedido de patente, no mínimo, curioso, e que pode ditar uma tendência em algum tempo: um para-brisas enorme, que cobre até a metade do teto do carro e que está diretamente conectado com as demais parte do veículo de maneira uniforme.

De acordo com os documentos do Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos, esse design apresenta um para-brisa e uma janela traseira que cobrem quase a totalidade do teto. Oficialmente, o título do pedido de patente é para um "arco do teto do veículo" e detalha as mudanças estruturais necessárias para viabilizar esse tipo de projeto.

Os trilhos laterais do teto se conectariam aos arcos dianteiros e traseiros, com o trancamento feito na região mais alta do carro, em um lugar chamado de "finger". Toda a construção seria, supostamente, capaz de lidar com colisões graves, sejam elas laterais ou em um eventual capotamento - mesmo que os carros, hoje, sejam quase que à prova de capotamento.

Imagem: Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos

Os esboços no pedido mostram um carro que deve ser o atual Ford Mustang, mas como se trata de uma patente, não é certo de que veremos o esportivo com este teto tão cedo. Vale lembrar, também, que derivados do Mustang serão lançados, como o SUV elétrico Mach-E.

Imagem: Citroën

Aqui no mercado brasileiro, uma montadora que adota algo "parecido" é a Citroën, com o para-brisa do Citroën C3, que tem uma boa abertura e amplia o campo de visão do motorista.


Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: