Mercado fechado

Ford lança o SUV Mustang Mach-E, seu primeiro carro elétrico

Felipe Ribeiro

Depois de muitas especulações, confirmações e ideias, faltava o anúncio - e ele veio. A Ford mostrou neste domingo (17) o seu primeiro veículo 100% elétrico, o Mustang Mach-E, um SUV que vem para redefinir o posicionamento da montadora americana no mercado global, que agora passará a investir ainda mais em modelos eletrificados.

O novo SUV elétrico da Ford tomou emprestado não apenas o nome de seu icônico carro esportivo, mas também sua identidade visual, mantendo o design consagrado do veículo. Na dianteira, o capô é longo e alto com o chamado "nariz de tubarão" e faróis de LEDs com a assinatura ótica das três barras. A grade foi colocada por uma questão meramente estética, com o cavalo Mustang à frente.

Já na parte interna, muita tecnologia. Ele vem com uma enorme tela central de 15,5 polegadas, que exibirá todas as funções do veículo, além de estar integrado a todos os sistemas de conectividade disponíveis, como o Waze, Apple CarPlay, Android Auto, Alexa, Domino´s e Pandora para citar o mais conhecidos. É possível, também, controlar tudo do carro por ali: GPS (nativo), modos de condução, temperatura do ar, rotas com pontos de recarga, configurações do painel, entre outros.

Imagem: Ford

Já com a inteligência artificial, o sistema vai "decorando" a sua rotina e criando atalhos para o que mais usa, como o telefone da pessoa que mais liga, sua parada diária em algum lugar específico ou o trajeto para o trabalho, casa ou qualquer outro lugar.

Imagem: Ford

Desempenho

Serão cinco versões ao todo. As mais avançadas, chamadas de Mach-E GT e GT Performance Edition, possuem visual mais agressivo, com rodas maiores e difusores de ar mais avantajados na traseira. A primeira será capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em menos de 4 segundos, já a GT Performance Edition deve chegar aos 100 km/h em cerca de 3 segundos. Ambos os modelos GT terão uma potência estimada de 465 cv e torque de 84,6 kgfm.

Imagem: Ford

As versões de entrada do Mustang Mach-E terão 255 cv na versão Select, e 282 cv na California Route 1. O modelo Premium também terá versões com essas motorizações, com tração traseira, ou ainda uma de 333 cv com tração integral, a mesma configuração da versão First Edition.

Nos Estados Unidos, a versão Select será a mais barata, começando em US$ 43.895 (cerca de R$ 184 mil). Já a First Edition (versão limitada de lançamento) vai partir de US$ 59.900 (R$ 252 mil) e estará disponível em três opções de cores, além de trazer placas alusivas à série na parte interna, pedaleira de alumínio e pinças de freio pintadas de vermelho. A versão de topo será a GT, tabelada em US$ 60.500 (R$ 254 mil).

Autonomia

Importante quesito quando falamos de carros elétricos, o Ford Mustang Mach-E não decepciona. Ele terá autonomia de 480 km quando equipado com a bateria de maior capacidade (opcional) e tração traseira. Já a versão de tração integral poderá rodar cerca de 430 km com uma recarga.

O Mustang Mach-E ainda não está previsto para ser lançado no mercado brasileiro.


Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: