Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.892,80
    -1.320,05 (-3,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.017,75
    -138,50 (-0,98%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Ford fecha acordo com trabalhadores na Bahia

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Depois do acordo coletivo com o Sindicato dos Metalúrgicos pelo encerramento da produção em Taubaté (SP), a Ford chega nesta quarta (12) à aprovação da proposta com os trabalhadores de Camaçari (BA).

O desfecho de Camaçari é importante para a montadora porque abrange cerca de 4.000 trabalhadores. As negociações se arrastavam desde o início de janeiro quando a montadora anunciou o fim de sua produção em todas as fábricas no Brasil.

A assembleia foi convocada para esta manhã no complexo da Ford na cidade, depois de 33 rodadas de negociação do sindicato no prazo da mediação do Tribunal Regional do Trabalho para debater a proposta de encerramento dos contratos dos funcionários.

Assim como no acordo de Taubaté, a indenização mínima fica em R$ 130 mil.

No caso dos empregados operacionais, a Ford vai pagar cerca de dois salários por ano trabalhado mais um valor fixo adicional. Para os administrativos será um salário. O valor deste salário equivale ao nominal, ou seja, sem adicionais noturno e triênio, por exemplo.

Pelo acordo, a montadora também se compromete a oferecer seis meses de plano médico pelo sindicato e uma remuneração a mais para os funcionários operacionais que possuem restrição médica ocupacional. Um programa de qualificação profissional e suporte para a recolocação no mercado de trabalho com empresa especializada também entram nas ações da Ford.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos