Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.036,79
    +2.372,44 (+2,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.626,80
    -475,75 (-1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,74
    -1,49 (-1,83%)
     
  • OURO

    1.668,30
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    19.128,81
    -203,36 (-1,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,49
    +0,06 (+0,01%)
     
  • S&P500

    3.585,62
    -54,85 (-1,51%)
     
  • DOW JONES

    28.725,51
    -500,10 (-1,71%)
     
  • FTSE

    6.893,81
    +12,22 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    17.222,83
    +56,96 (+0,33%)
     
  • NIKKEI

    25.937,21
    -484,84 (-1,83%)
     
  • NASDAQ

    11.058,25
    -170,00 (-1,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3079
    +0,0099 (+0,19%)
     

Ford exibe furgão elétrico e nova picape que chegarão ao Brasil no Salão de Hannover

HANNOVER, ALEMANHA (FOLHAPRESS) - O Salão de Hannover é palco de lançamentos da marca que chegarão ao Brasil. Um dos principais é a versão elétrica dos van Transit, disponível em diferentes tamanhos na Europa.

Uma unidade já circula em testes no Brasil e tem sido avaliada por setores de vendas e engenharia da marca americana. O lançamento deve ocorrer entre o fim de 2023 e o início de 2024.

A nova versão apresentada em Hannover chama-se e-Transit Custom. É um modelo mais curto e com estilo que remete a carros de passeio. Sua autonomia é de 380 quilômetros com uma carga completa de suas baterias.

O modelo exposto no salão alemão está pintado de azul metálico com faixas pretas. Seu teto é mais baixo que o de outras versões, o que torna a van mais indicada para acessar prédios com garagens cobertas.

Versões movidas a diesel da Transit são fabricadas no Uruguai e vendidas no Brasil. Desde início da produção, no fim de 2021, mil unidades foram comercializadas no país.

Segundo Guillermo Lastra, diretor de veículos comerciais da Ford América do Sul, é possível montar a versão elétrica na unidade uruguaia. A decisão, contudo, depende do interesse do mercado pelo modelo.

A nova geração da picape Ranger, que foi revelada em novembro de 2021, também está exposta no Salão de Hannover. O modelo será produzido na Argentina a partir de 2023.

Há ainda um curioso estande com caminhões Ford. Embora a empresa tenha saído do segmento em praticamente todo o mundo --a fábrica brasileira de veículos pesados foi a primeira da marca a ser fechada no país--, a empresa turca Otosan segue montando os modelos e fazendo a distribuição pela Europa.

O Salão de Hannover, que voltou a ser realizado após um intervalo de quatro anos --a edição 2020 foi cancelada devido a pandemia-- está aberto ao público até domingo (25).

*

O jornalista viajou a convite da Anfavea