Mercado fechará em 6 h 36 min

Ford e Volkswagen se unem para fabricar 600 mil carros elétricos

Felipe Ribeiro

A Ford e a Volkswagen deram mais detalhes de como funcionará sua parceria pelos próximos anos. As duas gigantes unirão forças para o compartilhamento de tecnologias e plataformas de veículos, com o foco em produtos voltados para o trabalho e carros elétricos. Em termos de Brasil, a joint venture será responsável pela nova geração das picapes médias Ford Ranger e Volkswagen Amarok.

De acordo com o pessoal do Motor1, o lançamento das picapes está previsto para 2022, com a Amarok sendo produzida na África do Sul, enquanto a Ranger, ao que tudo indica, deixando de ser feita na Argentina e para vir para o Brasil, sendo a base e compartilhando todos os seus itens com a Amarok. No começo de 2023 será a vez das vans comerciais, com o modelo menor baseado no VW Caddy, enquanto o maior sendo gerado a partir da Ford Transit.

Por fim, a Ford irá usar a plataforma dedicada MEB, da Volks, para criar um veículo elétrico, um produto que, hoje, faz falta na gama de carros de ambas empresas. O negócio prevê, ao todo, a produção de mais de oito milhões de veículos, sendo 600 mil elétricos.

Parceria entre Ford e Volkswagen vai gerar oito milhões de carros/ Imagem: Ford

Além disso, a parceria prevê investimentos para o desenvolvimento de sistemas autônomos que serão utilizados tanto pela Ford quanto pela Volkswagen nos Estados Unidos e Europa. Como ilustração deste movimento, na semana passada a montadora alemã anunciou o impulsionamento de US$ 2,6 bilhões em sua plataforma de inteligência artificial chamada de Argo AI.

No campo dos carros eletrificados comercializados no Brasil, a Ford conta, atualmente, com o Fusion Hybrid, que deve sair de linha em breve. Já a Volkswagen lançou recentemente a versão híbrida plug-in do Golf, chamada de Golf GTE.

Fonte: Canaltech