Mercado fechado

Ford coloca 2.500 trabalhadores em casa por causa do coronavírus

JOANA CUNHA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Cerca de 2.500 funcionários da Ford na área administrativa da empresa no Brasil farão trabalho remoto a partir de segunda-feira (16).

A decisão sobre a data de retorno ainda não está marcada e dependerá da evolução nas condições da pandemia de coronavírus.

A medida no Brasil segue o padrão definido pela multinacional globalmente e abrange todas as funções que podem ser exercidas em casa. A fábricas continuarão operando, mas com ações de higiene reforçada, como o uso de álcool em gel.