Mercado abrirá em 3 h 10 min

Ford Bronco "será muito superior" ao Jeep Wrangler, diz executivo

br.info@motor1.com (Nicolas Tavares)
2020 Ford Bronco rendering lead image

Utilitário será apresentado em julho e, a princípio, será lançado somente nos EUA e alguns mercados da Ásia e Oceania

O Ford Bronco será revelado em julho e parece que todos os dias aparece alguma notícia sobre ele, seja uma informação vazada, uma projeção ou algum dado oficial. Desta vez, a Ford fez questão de provocar a Jeep, com Jim Farley, COO da fabricante norte-americana, dizendo que o utilitário será "muito superior" ao Wrangler, seu principal oponente e que é a referência do segmento.

A declaração forte feita por Farley aconteceu durante uma apresentação da Ford, como revelado pelo jornalista Michael Wayland em sua conta no Twitter. O executivo falava sobre várias coisas no futuro da Ford, como o plano de lançar as versões elétricas da van Transit e da picape F-150 "nos próximos 24 meses".

 

Claro, não é uma surpresa que a Ford esteja defendendo tanto o Bronco por ser um produto da casa, mas é raro ver um golpe desses entre fabricantes, ainda mais quando vem de um executivo em uma posição bem elevada dentro da marca. Não é nenhum segredo que o Bronco esteja mirando diretamente no Wrangler, já que ele também terá teto e portas removíveis, algo que é quase uma marca registrada do modelo da Jeep.

Mais sobre o novo Ford Bronco

Só ter peças móveis não adianta nada se o Bronco não puder enfrentar o Wrangler na terra. A Ford parece ter se esforçado, pois apareceram patentes de um sistema de suspensão ativa bem complexo, que pode aumentar e diminuir a altura em relação ao solo, desconectar a barra estabilizadora e, em alguns ajustes, permite que o carro balance em um modo "dança". Parece bobo, mas essa ação tem seus benefícios na hora de tirar o carro da lama.

Quanto as seus outros atributos off-road, sabemos que o Bronco tem suspensão independente na dianteira, contra o eixo rígido do Wrangler. Isso pode ser melhor ou pior, dependendo para quem você perguntar, mas também ouvimos que contará com diferencial blocante nos dois eixos. Isso é importante na hora de fazer trilhas, e se a suspensão ativa realmente for usada pelo Bronco, não temos motivos para não acreditar que o Bronco será tão capaz quanto o Wrangler.

Outro ponto em que eles podem ficar equivalentes é o preço. Para desbancar o rival, a Ford teria que colocar o Bronco por menos de US$ 30 mil (cerca de R$ 148 mil) na versão de duas portas, e US$ 32 mil (R$ 158 mil) com quatro portas, o que seria menos do que o Wrangler. Há espaço para aumentar esse valor até os US$ 50 mil (R$ 247 mil) cobrados pelo Wrangler Rubicon Recon, versão topo de linha do utilitário.

Até o momento, o Ford Bronco está confirmado apenas para os Estados Unidos e alguns mercados mais específicos, como África do Sul, Austrália, Índia e Tailândia. Caso ele vire uma opção para o Brasil, a marca provavelmente apostaria na estratégia do Wrangler, oferecendo poucas versões do modelo, já que o modelo da Jeep tem preços a partir de R$ 370 mil.

Fotos: Automedia


Source: Michael Wayland on Twitter via Jalopnik