Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.636,53
    -1.432,02 (-1,31%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.074,64
    +348,68 (+0,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,78
    -0,23 (-0,32%)
     
  • OURO

    1.800,70
    +2,70 (+0,15%)
     
  • BTC-USD

    17.217,03
    +420,25 (+2,50%)
     
  • CMC Crypto 200

    405,90
    +11,22 (+2,84%)
     
  • S&P500

    3.956,96
    +23,04 (+0,59%)
     
  • DOW JONES

    33.707,16
    +109,24 (+0,33%)
     
  • FTSE

    7.472,17
    -17,02 (-0,23%)
     
  • HANG SENG

    19.450,23
    +635,41 (+3,38%)
     
  • NIKKEI

    27.574,43
    -111,97 (-0,40%)
     
  • NASDAQ

    11.603,25
    +93,75 (+0,81%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4993
    +0,0329 (+0,60%)
     

Ford atrasa entrega de veículos por falta de logos da marca

Ford enfrentou restrições de fornecimento com os crachás da marca (Getty Image)
Ford enfrentou restrições de fornecimento com os crachás da marca (Getty Image)
  • Rumores apontam que a Ford está com dificuldade em fabricar os emblemas da marca

  • Falta de peça identificadora poderia estar atrasando a entrega de remessas de veículos

  • Uma das possíveis ideias para manter a produção seria a substituição por peças 3D

Para quem entende pouco sobre carro, as logomarcas ajudam muito na hora de identificar de qual fabricante é cada veículo. É por essa e outras razões que todos os automóveis são confeccionados com logos e emblemas da fabricante.

Recentemente, a Ford atrasou as entregas de alguns veículos porque não tinha os tradicionais emblemas ovais azuis para colocar nos automóveis. Na ocasião, a montadora enfrentou restrições de fornecimento com os crachás da marca e as placas de identificação que especificam o modelo, de acordo com o Infomoney.

As peças, utilizadas no exterior dos veículos são essenciais para a identificação dos automóveis produzidos pela companhia. De acordo com um porta-voz, a escassez está impactando a produção das populares picapes Série F da Ford, o que reteve algumas remessas de veículos por falta de crachás.

Para tentar solucionar o problema, executivos da Ford consideraram soluções alternativas, como a ideia de imprimir em 3D as insígnias até que as permanentes pudessem ser colocadas. No entanto, a empresa teme que as substituições impressas atenderiam ao padrão de qualidade da marca, o que poderia frustrar os consumidores.

Existem indícios de que a Ford está montando e enviando caminhões com os emblemas ovais azuis e está adaptando aqueles construídos sem o logotipo da marca. No entanto, a companhia se recusou a comentar sobre a proposta de impressão 3D. Por enquanto, o rumo da fabricação e distribuição dos veículos estaria sem uma solução definida.