Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    57.633,06
    +1.300,21 (+2,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

'Fora Sarah' liderou pedidos de eliminação do 'BBB21' no Twitter; Juliette é a mais comentada

Extra
·1 minuto de leitura

Em um levantamento feito pelo Twitter, a hashtag "Fora Sarah" liderou os pedidos de eliminação do "Big Brother Brasil 21" nas mensagens publicadas nas redes sociais. A loira foi a oitava eliminada do reality show e recebeu 76,76% dos votos em uma disputa contra Rodolffo e Juliette. Depois, as hashtags mais utilizadas foram: #ForaRodolffo, #ForaArthur, #ForaNegoDi e #ForaKarol.

Quando o assunto passa a ser sobre os participantes mais comentados, a finalista Juliette lidera a pesquisa. Na sequência aparecem, nesta ordem, Fiuk, Gilberto, Sarah, Lumena, Projota, Rodolffo, Arthur, Viih Tube e Karol Conká.

"As conversas sobre o BBB desta temporada já registraram recorde antes mesmo da final. De 25 de janeiro, quando o programa estreou, até 3 de maio, véspera do último episódio, o Twitter já contabilizou um crescimento de mais de 35% no volume de Tweets sobre o reality show em todo o mundo em comparação com a edição do ano passado. Em 2020, o programa já havia batido recorde com mais de 270 milhões de Tweets globalmente ao longo de sua exibição - o equivalente a mais de dez vezes o número da edição de 2019 do programa", diz a análise da plataforma.