Mercado abrirá em 53 mins
  • BOVESPA

    129.441,03
    -634,97 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,16 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,27
    +0,36 (+0,51%)
     
  • OURO

    1.856,10
    -23,50 (-1,25%)
     
  • BTC-USD

    39.132,30
    +3.051,74 (+8,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    973,80
    +31,99 (+3,40%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,40 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.146,28
    +12,22 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.036,50
    +42,25 (+0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1820
    -0,0106 (-0,17%)
     

Fora de casa, Palmeiras sai com empate contra o Santos pelo Brasileirão Feminino

·1 minuto de leitura


Na noite desse domingo (16), o Palmeiras foi até a Vila Belmiro para enfrentar o Santos pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro Feminino A1. O Clássico da Saudade deu empate por 0 a 0. Com isso, o time alviverde se mantém na liderança da tabela, mas espera a partida do Corinthians de amanhã, pois, se as rivais ganharem, passam as Palestrinas. Até agora, o Verdão está invicto no Brasileirão.

O Palmeiras entrou em campo com a sua formação que vem sendo mais comum: Jully; Rafaelle, Agustinha e Thais; Bruna Calderan (Rafa Andrade), Camilinha (Dandara), Julia Bianchi (Carol Baiana), Ary Borges (Otti) e Katrine; Chú (Duda Santos) e Bia Zaneratto.

Já no começo do primeiro tempo, os dois times atacaram muito, criando boas chances, com equilíbrio entre as duas partes. O Palmeiras pecou nas finalizações, fato que vem se repetindo nas últimas partidas. Bia Zaneratto perdeu duas chances claras de gol, deixando a bola com a goleira Michelle.

O segundo tempo do clássico começou da mesma maneira. Logo no retorno, a atleta Chú foi substituída pela meia Duda Santos. O time do Palmeiras subiu um pouco as suas linhas e chegou mais ao gol adversário. As chances foram muitas, mas o Santos marcou bem atletas como a Bia Zaneratto e conseguiu segurar a pressão alviverde.

Pelo Verdão, o grande destaque foi a goleira Jully que, com boas defesas, a cada dia mais vai ganhando segurança e ficando na frente de uma possível briga pela titularidade. A próxima partida das Palestrinas é no domingo (23), em casa, contra o Bahia, que briga no final da tabela, às 15h.