Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.953,90
    +411,95 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.743,15
    +218,70 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,45
    +2,69 (+2,54%)
     
  • OURO

    1.808,50
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    19.494,36
    +619,07 (+3,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    420,77
    +0,63 (+0,15%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,83 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.168,65
    -0,63 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,42 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.609,00
    +79,50 (+0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5596
    +0,0540 (+0,98%)
     

Foguete de Elon Musk cai no Paraná; veja o vídeo

·1 min de leitura
A gibbous moon shines early on June 28, 2015, as a SpaceX, Falcon9 rocket is set to launch at the Cape Canaveral Air Force Station, Florida. (Red Huber/Orlando Sentinel/Tribune News Service via Getty Images)
Objeto tem 4 metros e comprimento e 6 metros de diâmetro

(Red Huber/Orlando Sentinel/Tribune News Service via Getty Images)

  • Morador no Paraná encontra pedaço de foguete da SpaceX em sua propriedade;

  • Ao que tudo indica, o detrito pertence ao Falcon 9, lançado em 19 de dezembro nos EUA;

  • Ao voltar para a atmosfera, o objeto pegou fogo e foi visto por moradores do Sul do Brasil.

Um morador da cidade de São Mateus do Sul, no Paraná, encontrou em sua propriedade, nesta quarta-feira (16), um pedaço de um foguete pertencente à SpaceX, empresa do bilionário Elon Musk.

O objeto metálico foi analisado pela equipe de astrônomos da Rede Brasileira de Observação de Meteoros (Bramon), que acredita se tratar uma parte do foguete Falcon 9, cuja reentrada na atmosfera da Terra foi vista no último dia 8 de março. A queima do detrito provocou uma grande bola de fogo, observada por moradores do Sul do Brasil.

Graças à liga de nióbio e titânio, o fogo não consumiu o pedaço do foguete, lançado em 19 de dezembro na Flórida (EUA). Ele conta com 4 metros e comprimento e 6 metros de diâmetro e aparece no vídeo abaixo, divulgado pelo site local RDX. Quem o encontrou foi o agricultor João Ricardo. Veja:

Em seu site, a Bramon disse que “São Mateus do Sul fica praticamente abaixo da trajetória da reentrada (do foguete) observada na semana anterior. Em uma análise detalhada das imagens, foram encontradas algumas semelhanças entre o objeto encontrado pelo Sr. João e a tubeira do motor Merlin 1D utilizado no segundo estágio do foguete Falcon 9 da SpaceX”.

João Ricardo afirmou que não tocou no objeto e que está esperando as análises das autoridades. Caso se confirme que o foguete é da SpaceX, a empresa deve recolhê-lo e cobrir eventuais prejuízos que possa ter causado. Devido a tratados de acordos internacionais, dos quais o Brasil é signatário, o agricultor não pode ficar com o detrito espacial.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos