Mercado abrirá em 7 h 33 min
  • BOVESPA

    114.064,36
    +1.782,08 (+1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,27
    +125,93 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,40
    +0,10 (+0,14%)
     
  • OURO

    1.751,00
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    43.975,21
    +106,81 (+0,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.097,40
    -11,52 (-1,04%)
     
  • S&P500

    4.448,98
    +53,34 (+1,21%)
     
  • DOW JONES

    34.764,82
    +506,50 (+1,48%)
     
  • FTSE

    7.078,35
    -5,02 (-0,07%)
     
  • HANG SENG

    24.457,71
    -53,27 (-0,22%)
     
  • NIKKEI

    30.245,16
    +605,76 (+2,04%)
     
  • NASDAQ

    15.275,00
    -28,50 (-0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2239
    -0,0011 (-0,02%)
     

Foguete da Firefly explode em lançamento na Califórnia

·2 minuto de leitura
Foguete explode dois minutos após decolagem. Foto: Reprodução da internet.
Foguete explode dois minutos após decolagem. Foto: Reprodução da internet.
  • O foguete de 30 metros construído pela startup Firefly explodiu dois minutos após decolagem;

  • Segundo a Space Lauch Delta e a Força espacial não houve feridos;

  • Startup, Base da Força Espacial e a Federal Aviation Administration (FAA) vão apurar o caso.

Um foguete de 30 metros de altura construído pela startup Firefly explodiu dois minutos após o seu lançamento em Los Angeles, Califórnia, na Base da Força Espacial de Vanderberg. Segundo a empresa, uma anomalia aconteceu durante a decolagem, o que danificou o veículo, não permitindo sua chegada na órbita da terra.

Segundo a Firefly, em postagem no Twitter, apesar de todos objetivos não terem sido alcançados na missão, alguns foram realizados, como a ignição bem-sucedida do primeiro estágio, a decolagem da plataforma, a progressão para velocidade supersônica e uma quantidade substancial de dados de voo.

Leia também

De acordo com a Space Lauch Delta e a Força espacial não houve feridos. Ainda assim, há alguns relatos de que destroços da máquina teriam caído na cidade de Orcutt, na Califórnia.

Com quase 30 metro de altura, a nave construída pela startup aparentava ter decolado tranquilamente, quando começou a rodar ao chegar perto da velocidade supersônica e explodiu.

Caso conseguisse ter atingido a metas necessárias, a Firefly seria a terceira empresa dos Estados Unidos a chegar na órbita terrestre com um foguete criado para o transporte de lotes de satélites ao espaço.

A primeira tentativa de lançar o foguete aconteceu perto das 22h de quinta-feira (3), quando foi cancelada por motivos técnicos não especificados. A máquina decolou na segunda vez, quando o incidente aconteceu. De acordo com a startup, ainda não é possível tirar conclusões sobre a real causa do incidente, mas uma investigação será feita em conjunto com a Base da Força Espacial e a Federal Aviation Administration (FAA).

As informações são do CanalTech.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos