Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.512,38
    +480,41 (+0,43%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.801,68
    +163,32 (+0,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,13
    -2,28 (-2,55%)
     
  • OURO

    1.790,40
    -7,70 (-0,43%)
     
  • BTC-USD

    23.936,83
    -160,01 (-0,66%)
     
  • CMC Crypto 200

    569,15
    -2,76 (-0,48%)
     
  • S&P500

    4.305,20
    +8,06 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.152,01
    +239,57 (+0,71%)
     
  • FTSE

    7.536,06
    +26,91 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    19.830,52
    -210,34 (-1,05%)
     
  • NIKKEI

    28.868,91
    -2,87 (-0,01%)
     
  • NASDAQ

    13.663,50
    -17,75 (-0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2333
    +0,0548 (+1,06%)
     

Foguete chinês deve cair na Terra neste sábado (30)

O estágio central do foguete Longa Marcha 5B (CZ-5B) usado pela China para levar ao espaço o segundo módulo de sua estação espacial deve cair na Terra neste sábado (30). As informações são da empresa norte-americana Aerospace Corporation, que está rastreando o objeto.

Segundo as informações mais recentes no momento em que este artigo é publicado, a reentrada deve acontecer às 15h05 (horário de Brasília), com uma margem de erro de mais ou menos cinco horas.

Entretanto, ainda não há informações sobre onde eventuais destroços podem cair, se sobreviverem à reentrada, que deve ocorrer sobre a ilha de madagascar, no litoral da África. Destroços podem atingir qualquer local abaixo das linhas amarelas no mapa abaixo. Isso inclui locais como o sul da América do Sul, sul e leste da África, Península Arábica, Índia, Rússia, China e Indonésia.

Destroços do foguete CZ-5B podem cair em qualquer local sob as linhas amarelas no mapa. (Imagem: Reprodução / Aerospace Corporation)
Destroços do foguete CZ-5B podem cair em qualquer local sob as linhas amarelas no mapa. (Imagem: Reprodução / Aerospace Corporation)

A última reentrada descontrolada de um CZ-5B foi após o lançamento do primeiro módulo da estação espacial chinesa, em maio de 2021. O foguete iniciou a reentrada próximo da Peninsula Arábica e acabou atingindo o oceano perto das ilhas Maldivas, no oceano índico.

A maioria do lixo espacial é incinerado ao reentrar em nossa atmosfera, mas eventualmente pedaços maiores ou componentes mais resistentes, como tanques de combustível, podem sobreviver ao processo e atingir o solo. Em março deste ano, um pedaço de um foguete da SpaceX atingiu uma propriedade rural em São Mateus do Sul, no Paraná.

Um estudo recente afirma que há 10% de chance de um foguete descontrolado reentrar a atmosfera e atingir uma pessoa na próxima década, caso a indústria aeroespacial não mude suas práticas. A chance é maior para moradores de cidades com alta densidade populacional a 30º de latitude norte.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos