Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.036,79
    +2.372,79 (+2,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.626,80
    -475,80 (-1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,74
    +0,25 (+0,31%)
     
  • OURO

    1.668,30
    -3,70 (-0,22%)
     
  • BTC-USD

    19.265,07
    +27,72 (+0,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,49
    +0,06 (+0,01%)
     
  • S&P500

    3.585,62
    -54,85 (-1,51%)
     
  • DOW JONES

    28.725,51
    -500,09 (-1,71%)
     
  • FTSE

    6.893,81
    +12,22 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    17.222,83
    +56,93 (+0,33%)
     
  • NIKKEI

    25.937,21
    -484,89 (-1,84%)
     
  • NASDAQ

    11.058,25
    +22,75 (+0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3079
    +0,0099 (+0,19%)
     

Fogão a gás pode contaminar o ar da sua casa e causar problemas de saúde

Pesquisadores da Sociedade Americana de Química alertam que o fogão a gás pode ser um inimigo oculto dentro de casa. Isso porque o eletrodoméstico pode liberar poluentes atmosféricos perigosos durante o uso e até mesmo quando desligado. Um dos principais poluentes associados ao gás de cozinha é o dióxido de nitrogênio, um subproduto da combustão. Tanto que as exposições ao dióxido de nitrogênio em residências têm sido associadas à asma mais grave.

Nas residências, esse composto vem tanto do ar externo que se infiltra em ambientes internos quanto de fontes internas. O tráfego rodoviário é a fonte externa mais significativa, e o fogão a gás geralmente é a fonte interna mais significativa.

Existem muitas casas em que o fogão a gás contribui mais para os níveis internos de dióxido de nitrogênio do que a poluição de fontes externas. Acontece que a poluição externa se dispersa em uma grande área, enquanto a poluição interna se concentra em um espaço pequeno.

Gás de cozinha libera poluentes atmosféricos perigosos (Imagem: Kwon Junho/Unsplash)
Gás de cozinha libera poluentes atmosféricos perigosos (Imagem: Kwon Junho/Unsplash)

Logo, a quantidade de poluição interna que você obtém de um fogão a gás é afetada pela estrutura de sua casa, o que significa que as exposições ambientais internas ao dióxido de nitrogênio são maiores para algumas pessoas do que para outras. As pessoas que vivem em casas maiores, com exaustores e bem ventiladas, geralmente estão menos expostas aos poluentes.

Como evitar a poluição interna?

O fogão a gás foi associado ao aumento de poluentes capazes de gerar problemas de saúde que, além da asma, vão desde sangramento nasal, dores de cabeça e irritação de garganta a fadiga e náusea. Aliás, crianças e pessoas com doenças crônicas como asma, doenças cardíacas e pulmonares são significativamente mais vulneráveis aos subprodutos da combustão do gás de cozinha.

De acordo com um estudo publicado neste ano, os fogões a gás que não estão em uso emitem metano, (um gás incolor e inodoro que é o principal componente do gás natural) em um nível que retém tanto calor na atmosfera quanto cerca de 400 mil carros, despertando um alerta. Segundo os especialistas, a oportunidade de ter um ar mais limpo dentro de casa pode ser um forte motivador para fazer a mudança para alternativas mais seguras, como o fogão por indução, por exemplo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: