Focus: 60% dos economistas esperam IPCA de 5,6% em 2012

Cerca de 60% dos participantes do relatório de mercado Focus, do Banco Central avaliam que o IPCA encerrará 2012 em 5,6%. Ao final de setembro, a maioria dos analistas que enviaram suas projeções para a autoridade monetária esperava que a inflação terminasse o ano em 5,5%. Na ocasião, essa maioria era composta por aproximadamente 40% dos economistas. Ao final de agosto, essa mesma fatia de participantes previa o índice em 5,2% em 2012. Estas informações fazem parte da Focus - distribuição de frequências e foram divulgadas nesta segunda-feira pelo Departamento Relacionamento com Investidores e Estudos Especiais (Gerin) do BC.

Para o IPCA de 2013, houve um deslocamento para baixo da concentração das projeções ao final de setembro (5,6%) para agora (5,5%). Nesse período, aumentou o número de participantes que preveem essas taxas, de pouco mais de 20% da amostragem em setembro para quase 25% em novembro.

No caso da Selic 12 meses à frente, a Focus - distribuição de frequências aponta que a projeção majoritária, cerca de 50% dos economistas da pesquisa, enxergam uma taxa de juros em 7,5% ao ano. Chama atenção, no entanto, uma concentração menor, de quase 20% do levantamento, que estima a Selic entre 8,5% e 9% 12 meses à frente. Para comparação, a mesma pesquisa feita ao final de setembro, revelava que 40% dos participantes contava com a taxa de juros 12 meses à frente em 8,00%.

Carregando...