Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.953,90
    +411,90 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.743,15
    +218,75 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,46
    +0,03 (+0,03%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +11,40 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    19.282,87
    -52,24 (-0,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    420,84
    +0,70 (+0,17%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,86 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.168,65
    -0,63 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,11 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,38 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.610,50
    -0,75 (-0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5561
    +0,0505 (+0,92%)
     

FMI vê recuperação lenta na Alemanha e riscos negativos

FILE PHOTO: Lockdown in the streets of Hamburg

BERLIM (Reuters) - A economia alemã deve registrar uma recuperação econômica fraca e os riscos são negativos, disse o Fundo Monetário Internacional nesta segunda-feira, alertando que Berlim deveria se concentrar em amortecer o impacto da guerra na Ucrânia e em garantir o abastecimento de gás.

A política fiscal na maior economia da Europa deve ser flexível em um ambiente incerto, acrescentou o FMI em comunicado após missão à Alemanha.

O FMI disse projetar que o crescimento da economia alemã vai desacelerar para cerca de 2% em 2022, aumentando em 2023 para um pouco mais de 2% se os preços da energia e os gargalos de abastecimento diminuírem e as infecções de Covid-19 permanecerem sob controle.

"O crescimento diminuirá então em direção ao potencial após 2024", disse o FMI em seu chamado relatório Artigo IV.

"A produção permanecerá abaixo da tendência pré-pandemia a médio prazo, dados os obstáculos causados pelo elevados preços da energia ao investimento privado, a demanda externa mais fraca e a maior incerteza econômica e geopolítica após a guerra", acrescentou.

As prioridades imediatas de Berlim devem ser garantir o abastecimento de gás, aliviar as repercussões da invasão russa da Ucrânia e aumentar a resiliência, disse o FMI.

(Por Paul Carrel)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos