Mercado abrirá em 5 h 27 min
  • BOVESPA

    118.328,99
    -1.317,01 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.810,21
    -315,49 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,48
    -0,65 (-1,22%)
     
  • OURO

    1.858,00
    -7,90 (-0,42%)
     
  • BTC-USD

    31.950,41
    +1.382,70 (+4,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    629,48
    +19,49 (+3,19%)
     
  • S&P500

    3.853,07
    +1,22 (+0,03%)
     
  • DOW JONES

    31.176,01
    -12,39 (-0,04%)
     
  • FTSE

    6.715,42
    -24,97 (-0,37%)
     
  • HANG SENG

    29.491,96
    -435,80 (-1,46%)
     
  • NIKKEI

    28.631,45
    -125,41 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    13.347,25
    -48,25 (-0,36%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5080
    -0,0004 (-0,01%)
     

FMI diz que PIB mundial vai encolher mais do que o previsto

Marcus Couto
·2 minuto de leitura
A flight attendant wears a face mask as employees of German flight operator Lufthansa demonstrate on June 24, 2020 in Berlin, in order to call on investors to back a bailout plan hammered out to rescue the airline hit by the coronavirus crisis. - The survival of Europe's top airline group Lufthansa is at stake on June 25, 2020, as shareholders are called to vote on a hard-fought nine billion euro ($10.2 billion) government rescue package. (Photo by Tobias SCHWARZ / AFP) (Photo by TOBIAS SCHWARZ/AFP via Getty Images)
Funcionária da companhia aérea alemã Lufthansa protesta por plano de resgate à empresa atingida pela crise do COVID-19. (Foto: Tobias SCHWARZ / AFP)

O Fundo Monetário Internacional (FMI), órgão econômico transnacional que realiza empréstimos para países com problemas, divulgou novas previsões relacionadas ao estado econômico global nos próximos meses, e as notícias não são boas. O FMI prevê um encolhimento maior do PIB mundial, de 4,9% em 2020.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Em abril, as expectativas do Fundo já eram de contração, mas uma contração menor, de 3%. Essa é a maior queda no PIB global desde a Grande Depressão de 1929.

Leia também

Segundo o FMI, as mudanças nos cálculos foram motivadas pela continuidade nos problemas econômicos causados pela pandemia do COVID-19. Uma diminuição generalizada na demanda, causada por medidas de quarentena e de proteção à saúde pública, além de choques na cadeia de suprimentos, seriam alguns dos motivos para o pessimismo do FMI.

Para 2021, o Fundo projeta crescimento global, mas também corrigiu para baixo as expectativas: 5,4%, queda em relação aos 5,8% divulgados anteriormente.

“Com o espalhamento contínuo da pandemia, a perspectiva de consequências negativas de longo prazo para vidas, segurança de trabalho e desigualdade torna-se mais preocupante”, conclui o relatório.

O FMI avisa ainda que a retomada dos mercados de ações aparentemente está “desconectada” dos indicadores econômicos de longo prazo.

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.