Mercado abrirá em 6 h 48 min
  • BOVESPA

    106.924,18
    +1.236,18 (+1,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.579,90
    +270,60 (+0,55%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,90
    -1,59 (-1,44%)
     
  • OURO

    1.805,40
    -2,80 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    29.968,59
    +208,56 (+0,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    672,70
    -8,41 (-1,23%)
     
  • S&P500

    4.023,89
    +93,81 (+2,39%)
     
  • DOW JONES

    32.196,66
    +466,36 (+1,47%)
     
  • FTSE

    7.418,15
    +184,81 (+2,55%)
     
  • HANG SENG

    19.957,98
    +59,21 (+0,30%)
     
  • NIKKEI

    26.541,17
    +113,52 (+0,43%)
     
  • NASDAQ

    12.313,25
    -69,50 (-0,56%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2529
    -0,0062 (-0,12%)
     

FMI diz que governos precisam proteger vulneráveis ​​"quando as coisas desmoronam"

·1 min de leitura
Pães produzidos no Santuário Nossa Senhora de Fátima, no Rio de Janeiro, para serem distribuídos a populações vulneráveis em meio à pandemia da Covid-19

Por Andrea Shalal

WASHINGTON (Reuters) - Os governos precisam direcionar apoio fiscal às populações vulneráveis ​​mais atingidas pelo aumento dos preços de energia e alimentos, e que agora enfrentam crescente insegurança alimentar como resultado da guerra da Rússia na Ucrânia, disse o Fundo Monetário Internacional (FMI) nesta quarta-feira.

Os preços mais altos de alimentos e energia ampliaram os riscos de agitação social, especialmente em países de baixa renda que já encaram altos níveis de dívida após a pandemia de Covid-19 e agora enfrentam custos de empréstimos mais altos em meio a aumentos das taxas de juros, disse o FMI em seu último relatório sobre evolução fiscal global.

"O governo agindo em seu papel especial de proteger os vulneráveis ​​quando as coisas desmoronam ajuda bastante a manter a coesão social", disse à Reuters o diretor de Assuntos Fiscais do FMI, Vitor Gaspar.

Gaspar afirmou que há amplas evidências de que crises financeiras, pandemias e preços voláteis ou em alta podem exacerbar divisões e conflitos, e a política fiscal tem um papel importante a desempenhar para lidar com essas preocupações.

"É imperativo absoluto que as políticas públicas em todos os lugares forneçam segurança alimentar para todos", disse ele, defendendo medidas específicas e temporárias, como transferências de dinheiro, em vez de subsídios mais amplos e generalizados que podem ser caros.

As medidas tomadas por muitos países para limitar o aumento dos preços domésticos também podem exacerbar os descompassos globais entre oferta e demanda, elevando ainda mais os preços.

Gaspar disse que as famílias pobres gastam até 60% de seus orçamentos em alimentos, em comparação com apenas 10% gastos por uma família de classe média nas economias avançadas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos