Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.886,25
    -1.055,43 (-0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.909,32
    -690,06 (-1,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,79
    -1,35 (-1,59%)
     
  • OURO

    1.840,70
    +8,90 (+0,49%)
     
  • BTC-USD

    37.205,05
    +1.947,66 (+5,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    846,86
    +36,26 (+4,47%)
     
  • S&P500

    4.410,50
    +12,56 (+0,29%)
     
  • DOW JONES

    34.366,67
    +101,30 (+0,30%)
     
  • FTSE

    7.297,15
    -196,98 (-2,63%)
     
  • HANG SENG

    24.656,46
    -309,09 (-1,24%)
     
  • NIKKEI

    27.588,37
    +66,11 (+0,24%)
     
  • NASDAQ

    14.471,50
    +45,00 (+0,31%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2194
    +0,0294 (+0,47%)
     

FMI diz que economias emergentes precisam se preparar para aperto monetário pelo Fed

·2 min de leitura
Logo do FMI

Por Andrea Shalal

WASHINGTON (Reuters) - As economias emergentes precisam se preparar para as altas de juros nos Estados Unidos, afirmou o Fundo Monetário Internacional (FMI), alertando que movimentos mais rápidos do que o esperado pelo Federal Reserve podem afetar os mercados financeiros e provocar saídas de capital e depreciação cambial no exterior.

Em um blog publicado nesta segunda-feira, o FMI afirmou esperar que o crescimento robusto nos EUA continue, com a inflação provavelmente se moderando mais tarde no ano. O credor global vai divulgar novas projeções econômicas mundiais em 25 de janeiro.

O Fundo disse que um aperto gradual e bem telegrafado da política monetária nos EUA deve ter pouco impacto sobre os mercados emergentes, com a demanda externa compensando o impacto do aumento dos custos de financiamento.

Mas uma inflação de salários nos EUA ou gargalos sustentados de oferta podem impulsionar os preços mais do que o esperado e alimentar expectativas de inflação mais rápida, provocando altas mais aceleradas dos juros pelo banco central norte-americano.

"As economias emergentes deveriam se preparar para potenciais períodos de turbulência econômica", disse o FMI, citando os riscos apresentados por altas de juros mais rápidas que o esperado pelo Fed e o ressurgimento da pandemia.

O presidente do Fed de St. Louis, James Bullard, afirmou recentemente que o Fed pode elevar os juros já em março, meses antes do esperado anteriormente, e que está agora em uma "boa posição" para adotar passos ainda mais agressivos contra a inflação, conforme necessário.

"Altas de juros mais rápidas pelo Fed podem afetar os mercados financeiros e apertar as condições financeiras globalmente. Esses acontecimentos podem vir com uma desaceleração da demanda e comércio nos EUA, e podem levar a saídas de capital e depreciação cambial em mercados emergentes", escreveram autoridades do FMI no blog.

O FMI disse que os mercados emergentes com altas dívidas públicas e privadas, exposições cambiais e baixos balanços de transações correntes já começaram a ver movimentos mais amplos de suas moedas em relação ao dólar.

O Fundo disse que mercados emergentes com pressões inflacionárias mais fortes ou instituições mais fracas devem agir rapidamente para deixar as moedas se depreciarem e elevar os juros.

Ele pediu aos bancos centrais que comuniquem clara e consistentemente seus planos para apertar a política monetária, e disse que os países com níveis altos de dívida denominada em moedas estrangeiras devem buscar proteger suas exposições onde possível.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos