Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.494,11
    +298,29 (+1,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Fluxo cambial em junho fica positivo em US$6,483 bi, diz BC

Notas de dólar

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil registrou ingresso líquido de 6,483 bilhões de dólares em junho, com forte saldo comercial mais do que compensando saídas pela conta financeira, mostraram dados, ainda defasados, do fluxo cambial contratado divulgado pelo Banco Central nesta quarta-feira.

A diferença entre contratação de câmbio para exportação e importação foi de 10,148 bilhões de dólares. Já as operações financeiras --que incluem números referentes a empréstimos internacionais, remessas de lucros e dividendos e investimentos em portfólio, por exemplo-- tiveram déficit de 3,665 bilhões de dólares.

Junho foi um mês de forte estresse nos mercados financeiros globais. Aqui, o dólar disparou 10% e o Ibovespa despencou 11,5%.

No semestre, o fluxo cambial ficou positivo em 19,135 bilhões de dólares, com superávit de 27,670 bilhões de dólares na conta comercial e rombo de 8,535 bilhões de dólares do lado financeiro.

(Por José de Castro)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos