Fluxo cambial é negativo em US$ 817 milhões no mês

A saída de dólares do País superou a entrada em US$ 817 milhões em fevereiro até o dia 15, informou o Banco Central. No segmento financeiro, que inclui investimentos estrangeiros e remessas de lucros, entre outras operações, o saldo ficou negativo em US$ 163 milhões no período. O número é a diferença entre a entrada de US$ 11,981 bilhões e a saída de US$ 12,144 bilhões. As operações comerciais mostram uma saída líquida de US$ 654 milhões no mês. As exportações somaram US$ 6,594 bilhões, e as importações, US$ 7,248 bilhões.

No acumulado de 2013 até 15 de fevereiro, o fluxo cambial está negativo em US$ 3,203 bilhões, com entrada de US$ 2,207 bilhões no segmento financeiro e saída de US$ 5,410 bilhões no comercial. No mesmo período de 2012, o fluxo estava positivo em US$ 6,886 bilhões, com entrada de US$ 6,105 bilhões no segmento financeiro e de US$ 781 milhões no comercial.

Na terceira semana de fevereiro, entre os dias 13 e 15, o fluxo cambial ficou negativo em US$ 750 milhões. No segmento financeiro, o resultado ficou negativo em US$ 216 milhões, com entrada de US$ 3,423 bilhões e saída de US$ 3,639 bilhões. As operações comerciais mostraram saída líquida de US$ 534 milhões. As exportações somaram US$ 1,806 bilhão e as importações, US$ 2,340 bilhões.

O BC também informou que, no dia 14 de fevereiro, retornaram para as reservas internacionais US$ 100 milhões que haviam sido vendidos ao mercado nos leilões de linhas de dezembro. Em fevereiro, a recompra de moeda soma US$ 1,373 bilhão.

Carregando...