Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.061,99
    -871,79 (-0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.965,61
    +436,64 (+0,90%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,30
    -1,37 (-2,19%)
     
  • OURO

    1.792,40
    +14,00 (+0,79%)
     
  • BTC-USD

    55.445,35
    -218,66 (-0,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.278,18
    +15,22 (+1,20%)
     
  • S&P500

    4.162,36
    +27,42 (+0,66%)
     
  • DOW JONES

    34.068,74
    +247,44 (+0,73%)
     
  • FTSE

    6.895,29
    +35,42 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.621,92
    -513,81 (-1,76%)
     
  • NIKKEI

    28.508,55
    -591,83 (-2,03%)
     
  • NASDAQ

    13.868,25
    +74,00 (+0,54%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6991
    -0,0034 (-0,05%)
     

Fluminense desperdiça chances no primeiro tempo, Portuguesa se impõe na etapa final e vence no Maracanã

João Alexandre Borges
·3 minuto de leitura


Na tarde deste domingo, a Portuguesa derrotou o Fluminense por 3 a 0, no Maracanã, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Carioca. Romarinho, Emerson Carioca e Chay fizeram os gols da vitória do time visitante. Com o resultado, o Tricolor segue sem pontuar na competição, enquanto a Portuguesa já soma seis pontos.

Pelo Campeonato Carioca, o Fluminense volta à campo no próximo domingo, contra o Flamengo, às 18h. Já a Portuguesa enfrenta o Volta Redonda, também no domingo, às 15h30.

> Relembre as campanhas do Fluminense na Libertadores

SOB PRESSÃO

O começo de jogo da Portuguesa foi avassalador. A equipe adiantou as linhas e fez uma marcação ainda no campo de ataque. Com isso, o Fluminense não conseguiu construir jogadas e viu a Portuguesa criar as principais chances.

A proposta da equipe lusitana surtiu efeito. Três minutos depois da parada técnica, aos 23 minutos, Hugo Cabral construiu boa jogada pela esquerda e cruzou rasteiro, a bola passou por Chay, mas Romarinho apareceu e conseguiu a finalização para abrir o placar, no Maracanã.

FLUMINENSE ACORDA

Dois minutos depois do gol da Portuguesa, o Fluminense, finalmente, acordou para o jogo. Daniel Lima levantou boa bola na área para a finalização de Gabriel Teixeira. A bola bateu em Dilsinho e sobrou para Ganso, que finalizou da pequena área, mas Neguetti fez ótima defesa.

E não parou por aí. Aos 43 minutos, John Kennedy fez fila pela defesa e tocou por cima do goleiro Neguetti, mas Luis Gustavo apareceu e evitou o gol. Aos 46, Ganso recebeu na área, deu um balão no defensor e bateu forte de perna direita, mas Neguetti saltou e fez mais uma grande defesa.

INACREDITÁVEL

Os times poderiam ter ido para os vestiários com o placar empatado. Ainda no primeiro tempo, Caio Vinícius encontrou Paulo Henrique Ganso, que cruzou para Samuel, mas mesmo sem goleiro e dentro da pequena área, o camisa 9 furou o chute. Essa foi a melhor chance de todo o jogo.

PORTUGUESA VOLTA LIGADA DO INTERVALO

Após o domínio Tricolor dos 23 minutos até o fim do primeiro tempo, a Portuguesa voltou ligada do intervalo e logo conseguiu o gol. Watson cruzou de longe para Emerson Carioca, que entre os zagueiros do Fluminense, escorou para tirar do goleiro Pedro Rangel.

GOL E DESESTABILIZAÇÃO

Seis minutos após o segundo gol, Rafael Ribeiro errou o passe, Diego Guerra recuperou a posse e puxou contra-ataque. A bola chegou até Romarinho, o meio-campista dominou e tocou para Chay bater forte para ampliar a vantagem da Portuguesa.

A equipe lusitana quase fez o quarto gol em ótima jogada que acabou no chute perigoso de Everton Heleno. No entanto, o gol de Chay deu números finais ao duelo.

> Veja a tabela do Campeonato Carioca

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE X PORTUGUESA


Data/Hora: 07/03/2021, às 16h
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Felipe da Silva Gonçalves Paludo
Assistentes: Luiz Claudio Regazone e Thayse Marques Fonseca

Cartões amarelos: Caio Vinícius (FLU), Diego Guerra (POR)
Cartões vermelhos: -
Gols: Romarinho (23'/1ºT) (0-1), Emerson Carioca (07'/2ºT), Chay (13'/2ºT)

FLUMINENSE: Pedro Rangel, Daniel Lima, Rafael Ribeiro (Metinho 21'/2ºT), Higor e Raí; André, Caio Vinícius, Gabriel Teixeira (Matheus Martins 12'/2ºT) e Paulo Henrique Ganso; Samuel (Nascimento 21'/2ºT) e John Kennedy (Alexandre Jesus 12'/2ºT). Técnico: Aliton Ferraz.


PORTUGUESA: Neguetti; Watson, Dilsinho, Guerra e Wellington Cezar; Luis Gustavo; Everton Heleno e Romarinho (Rafael Pernão 34'/2ºT); Chay (Danilo 36'/2ºT), Emerson Carioca e Hugo Cabral (Douglas Eskilo 34'/2ºT).
Técnico: Felipe Surian.