Mercado fechado

Flamengo tem surto de Covid-19 após jogos no Equador

Redação Esportes
·2 minutos de leitura
(L to R) Brazil's Flamengo midfielders Gerson, Uruguayan Giorgian De Arrascaeta and Everton Ribeiro celebrate after scoring against Ecuador's Barcelona during their closed-door Copa Libertadores group phase football match at the Monumental Banco Pichincha stadium in Guayaquil, Ecuador, on September 22, 2020, amid the COVID-19 novel coronavirus pandemic. (Photo by Dolores Ochoa / POOL / AFP) (Photo by DOLORES OCHOA/POOL/AFP via Getty Images)
(L to R) Brazil's Flamengo midfielders Gerson, Uruguayan Giorgian De Arrascaeta and Everton Ribeiro celebrate after scoring against Ecuador's Barcelona during their closed-door Copa Libertadores group phase football match at the Monumental Banco Pichincha stadium in Guayaquil, Ecuador, on September 22, 2020, amid the COVID-19 novel coronavirus pandemic. (Photo by Dolores Ochoa / POOL / AFP) (Photo by DOLORES OCHOA/POOL/AFP via Getty Images)

A delegação do Flamengo que foi até o Equador para enfrentar Independiente Del Valle e Barcelona, em jogos pela Libertadores, segue registrando novos casos de coronavírus. Até o momento do fechamanto desta matéria, o clube tinha 12 contaminados entre os jogadores e um elevado número de casos entre os membros do staff.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Antes mesmo da partida contra o Barcelona, nesta terça (22), o Flamengo sabia que não poderia contar com seis atletas por causa dos casos de coronavírus: Bruno Henrique, Michael, Diego Ribas, Isla, Filipe Luiz, Matheusinho e Vitinho. Entre os membros do staff, outros dois contraíram a doença: o chefe do departamento médico, Márcio Tannure, e Juan, ex-jogador e integrante do departamento de futebol.

Leia também:

Após o confronto contra o Barcelona, já no Brasil, o Flamengo recebeu as confirmações de mais quatro testes positivos entre os seus jogadores: Thuler, Renê, Gabriel Baptista e João Gomes. Rodrigo Caio também testou positivo, mas ainda espera a contraprova.

No início da noite desta quarta (22), também foi confirmado que o técnico Domènec Torrent testou postivo, assim como o presidente Rodolfo Landim e os vice-presidentes Marcos Braz e Luiz Eduardo Baptista, popularmente conhecido como Bap.

Por causa do surto de Covid-19 no elenco, o Flamengo tenta adiar o jogo contra o Palmeiras, marcado para o próximo domingo, válido pelo Campeonato Brasileiro. Mas até o momento, a CBF e o Palmeiras se mostram irredutíveis sobre o assunto.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube