Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,83 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,39 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,98
    +1,48 (+1,79%)
     
  • OURO

    1.793,10
    +11,20 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    61.607,54
    -1.810,75 (-2,86%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,69 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,94 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,40 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,27 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.324,00
    -154,75 (-1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5808
    -0,0002 (-0,00%)
     

Flamengo repete roteiro 'pré-Libertadores' e não depende mais de si no Campeonato Brasileiro

·2 minuto de leitura


A atuação ruim diante do Grêmio, no Maracanã, pôs fim a uma série de nove jogos de invencibilidade do Flamengo - que, além de perder, não jogou bem. É um roteiro similar ao vivido pelo clube há poucas semanas, quando, antes de enfrentar o Olímpia nas quartas de final da Libertadores, o Rubro-Negro foi goleado pelo Internacional no Maracanã. Agora, resta ao Renato e jogadores darem a mesma resposta diante do Barcelona de Guayaquil, nesta quarta-feira.

Na sequência da derrota por 4 a 0 para o Colorado, o Flamengo fez 4 a 1 no Olímpia, em Assunção. Uma atuação enérgica após uma considerada apática por alguns - não por Renato Gaúcho - é o que o time da Gávea precisa para quarta. Ainda mais por se tratar de uma partida que terá torcida no Maracanã.

Questionado se a proximidade com as partidas da Libertadores poderiam tirar o foco da equipe no Brasileirão - caso das derrotas para a dupla Gre-Nal - o técnico garantiu que não e que, na preleção, já havia antecipado aos jogadores que não se preocupassem com o jogo seguinte. O resultado, contudo, não veio.
- Falei para ninguém se preocupar com o jogo de quarta. Hoje também era importante. Falei para eles: "vocês são culpados". Temos uma decisão a cada três dias. O Flamengo está aí, brigando por três competições e o desgaste é muito grande. Por isso temos que rodar o grupo, temos vários atletas desgastados. É importante. Faz parte. Eu já estou acostumado com isso e muito satisfeito com o meu grupo. Perdemos dois jogos de 17. Não somos imbatíveis.

A repercussão da derrota foi grande, em especial pelo desempenho e pelas substituições feitas pelo técnico- as quais não surtiram efeito. Renato até se mostrou irritado com os questionamentos, lembrando que o Flamengo não é imbatível e lembrando o histórico da equipe sob seu comando até o momento.

Este time do Flamengo, que enfileira títulos há três temporadas, tem tudo para dar a resposta esperada na quarta-feira. Por outro lado, também é um fato que, a partir da derrota para o Grêmio, o time de Renato Gaúcho não depende mais de si para conquistar o Brasileirão. O Atlético-MG, tem nove pontos e duas rodadas a mais, e precisa tropeçar para que o título vá de novo para a Gávea.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos