Mercado abrirá em 3 mins

Flamengo recusa propostas do mundo árabe por Éverton Ribeiro

Diogo Dantas
·1 minuto de leitura
Everton Ribeiro comanda vitória do Flamengo sobre o Botafogo
Everton Ribeiro comanda vitória do Flamengo sobre o Botafogo

O assédio aos jogadores do Flamengo não para. Desta vez, o clube recebeu ofertas pelo meia Éverton Ribeiro, um dos destaques da equipe.

A diretoria rubro-negra foi procurada por times da Arábia Saudita e dos Emirados Árabes. Mas rechaçou qualquer possibilidade de vender o atleta de 31 anos.

A informação foi confirmada por membros da diretoria nesta quarta-feira.

A proposta do Al-Nasr foi de 4 milhões de dólares, 21 milhões de reais pela cotação atual.

O clube dos Emirados Árabes, onde Ribeiro é ídolo após passagem pelo Al-Ahli, teve alguns atletas contaminados com Covid, o que levou o campeonato a ser adiado para outubro. A temporada começaria esta semana.

Mesmo assim, a situação é preocupante, uma vez que o assédio de fora do Brasil já levou o lateral-direito Rafinha no último mês para a Grécia.

Mesmo com a janela de transferência fechada para chegada de jogadores de fora do país, a janela para saída de atletas para o exterior segue aberta

Ribeiro chegou ao Flamengo em 2017. Foi capitão do time durante maior parte da temporada 2019. Seu contrato foi estendido com o clube até 2023.

O anterior valia até maio de 2021, mas a direção do Flamengo se antecipou para garantir a permanência de Everton Ribeiro e evitar justamente essas investidas, sobretudo depois da convocação para a seleção brasileira.