Mercado abrirá em 3 h 4 min
  • BOVESPA

    110.611,58
    -4.590,65 (-3,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.075,41
    +732,87 (+1,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,37
    +0,32 (+0,49%)
     
  • OURO

    1.700,00
    +22,00 (+1,31%)
     
  • BTC-USD

    54.159,61
    +4.393,14 (+8,83%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.092,42
    +68,21 (+6,66%)
     
  • S&P500

    3.821,35
    -20,59 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    31.802,44
    +306,14 (+0,97%)
     
  • FTSE

    6.744,94
    +25,81 (+0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.773,23
    +232,40 (+0,81%)
     
  • NIKKEI

    29.027,94
    +284,69 (+0,99%)
     
  • NASDAQ

    12.561,00
    +263,75 (+2,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,9831
    +0,0233 (+0,33%)
     

Final antecipada ou antecipada decisão

Mauro Beting
·1 minuto de leitura
Pedro do Flamengo que precisa jogar mais FOTO Carl de Souza-Pool/Getty Images

Internacional 2 x 2 Flamengo, no turno do BR-20, no Beira-Rio, foi o melhor jogador no Brasil desde 2019. E contando.

Logo depois Dome foi derrubado e Coudet pediu as contas para acertar com o Celta.

Tipicamente brasileiro - mesmo que dirigido por um espanhol e por outro argentino.

No domingo, no Maracanã, se der o Inter que acabou de reaizar a proeza da maior sequência de vitórias nos pontos corridos, o Brasileirão vai terminar antes da hora a favor do campeão de tudo desde que conquistou (invicto) seu último nacional, em 1979.

Se der empate pelo equilíbrio atual entre o melhor time e melhor elenco (não necessariamente futebol durante o BR-20) e o surpreendente Colorado de Abel, fica tudo para a última e imponderável rodada.

Se der o dono da casa (mas não da torcida na arquibancada esvaziada), que tem jogado melhor futebol nas últimas partidas que o pressionado Inter pelas limitações e circunstâncias, a ponta virá pela primeira vez para o time que desde a primeira rodada era o maior favorito.

Foi mais ou menos assim que o Flamengo ganhou o BR-09. Fez quase tudo errado antes e durante o Brasileirão. E acabou na última rodada campeão - também superando o Inter.

Em 2020, com muito mais time e elenco, mas sem o futebol exuberante de 2019 (mesmo só tendo perdido Jorge Jesus, Rafinha e Pablo Marí), o Flamengo já várias vezes não veio “no agora vai”. Não faltaram tropeços alheios e limitações rivais.

Agora, porém, depende apenas dele. A matemática ainda não lhe é favorável. Mas já foi mais madrasta.

Tem mais time e menos desfalques para o jogo que pode decicidir tudo. Ou encaminhae quase tudo.

Palpite?

Flamengo.