Mercado fechará em 17 mins
  • BOVESPA

    119.660,09
    -3.303,91 (-2,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.862,39
    -792,90 (-1,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,78
    +0,50 (+0,77%)
     
  • OURO

    1.819,70
    -16,40 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    54.276,10
    -2.423,62 (-4,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.459,18
    -104,65 (-6,69%)
     
  • S&P500

    4.068,17
    -83,93 (-2,02%)
     
  • DOW JONES

    33.637,56
    -631,60 (-1,84%)
     
  • FTSE

    7.004,63
    +56,64 (+0,82%)
     
  • HANG SENG

    28.231,04
    +217,23 (+0,78%)
     
  • NIKKEI

    28.147,51
    -461,08 (-1,61%)
     
  • NASDAQ

    13.012,75
    -333,25 (-2,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3941
    +0,0487 (+0,77%)
     

Flamengo faz primeiro tempo irreconhecível, reage, mas só empata com a Portuguesa

Marcello Neves
·2 minuto de leitura

Após ver o Flamengo ser derrotado com um dolorido 3 a 1 para o Vasco, o torcedor esperava uma reação imediata diante da Portuguesa. Não aconteceu. Aliás, o rubro-negro quase flertou com um desastre no Estádio Luso-Brasileiro e o empate em 2 a 2 ontem pode ser visto de duas formas: pelo copo meio cheio, conseguiu uma importante reação na segunda etapa; pelo meio vazio, teve atuação irreconhecível e difícil de aceitar às vésperas da estreia na Libertadores.

De quebra, o Flamengo pode perder a liderança da Taça Guanabara ainda nesta rodada — o rubro-negro terá de torcer contra o Volta Redonda, que enfrenta o Bangu hoje. Independentemente do placar, o título será decidido na próxima rodada.

Quem deve se preocupar com o empate diante da Portuguesa é o técnico Rogério Ceni, que voltou a ser um dos principais alvos da torcida pelas suas escolhas. Como o Flamengo estreia na Libertadores na próxima quarta-feira, diante do Vélez Sarsfield, a opção foi por colocar reservas em campo. O problema é que do outro lado estava um das equipes mais organizadas deste Estadual. Resultado? Foram 45 minutos de um passeio da Portuguesa.

O baile começou com Mauro Silva, que acertou um belo chute de fora da área para abrir o placar. Minutos depois, Romarinho aproveitou a bola sobrada para fazer o segundo. O placar poderia ter sido maior se Hugo Souza não aparecesse com boas defesas. Quem mandou no jogo foi a Portuguesa.

Depois do intervalo, o Flamengo mudou da água para o vinho e contou com o faro de artilheiro de Pedro para reagir. Em menos de dez minutos, o atacante marcou dois gols originados de bom posicionamento e belos passes de Michael e João Gomes.

Porém, faltou perna para buscar a virada. O resultado não foi dos piores, mas poderia ser melhor.