Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.622,99
    -178,22 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.141,76
    -53,67 (-0,10%)
     
  • PETROLEO CRU

    69,19
    +1,04 (+1,53%)
     
  • OURO

    1.806,70
    -7,80 (-0,43%)
     
  • BTC-USD

    40.960,96
    +1.229,82 (+3,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.007,08
    +31,18 (+3,20%)
     
  • S&P500

    4.429,10
    +26,44 (+0,60%)
     
  • DOW JONES

    35.064,25
    +271,58 (+0,78%)
     
  • FTSE

    7.120,43
    -3,43 (-0,05%)
     
  • HANG SENG

    26.204,69
    -221,86 (-0,84%)
     
  • NIKKEI

    27.728,12
    +144,04 (+0,52%)
     
  • NASDAQ

    15.160,75
    +87,25 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1756
    +0,0573 (+0,94%)
     

Flamengo aflora guerra fria com CBF e expõe Gabigol; há erros de todos os lados

·2 minuto de leitura

Uma novela envolvendo o Flamengo, a CBF/Seleção Brasileira e Gabriel Barbosa se tornou um dos assuntos mais comentados no país nos últimos dias. Após atuar nas Eliminatórias para a Copa do Mundo, o camisa 9 recebeu uma ordem para se reapresentar ao Mais Querido para a estreia da Copa do Brasil, o que não aconteceu. A situação, como era de se imaginar, gerou um desconforto enorme no clube e aflorou o imbróglio que cerca o Rubro-Negro e a Seleção.

Insatisfeito com o calendário do Brasileirão e com outras situações relacionadas à Confederação Brasileira de Futebol, o Flamengo há tempos segue em guerra contra a CBF. O Fla, inclusive, foi à Justiça recentemente e pediu a paralisação da principal liga do país. E tudo isso explodiu no “caso Gabigol”.

Flamengo x CBF x Gabigol: imbróglio gera desgaste entre os envolvidos. | Wagner Meier/Getty Images
Flamengo x CBF x Gabigol: imbróglio gera desgaste entre os envolvidos. | Wagner Meier/Getty Images

O Flamengo e a CBF estão em rota de colisão há um bom tempo. As várias convocações, as lesões, o calendário truculento e os conflitos entre o clube e a entidade nos últimos meses criaram esse conflituoso ambiente. Isto, porém, não poderia ter respingado em Gabigol. O camisa 9, mesmo entendendo que ele deveria ter se apresentado ao Fla – ou ao menos ter ido se tratar no Rio de Janeiro – e que mereça uma multa, foi exposto desnecessariamente pela equipe.

O Rubro-Negro não soube conduzir essa situação. Fato. O clube realmente tem motivos de sobra para estar insatisfeito com a CBF, mas expor o seu principal jogador desta forma beira o amadorismo. Vale frisar, mais uma vez, que Gabigol errou e poderia ter feito diferente, indo à Curitiba e passando pela avaliação dos médicos do time. Todos erraram, mas, seja como for, é difícil imaginar sensatez numa terra em que a Covid-19 é vista como um “processo natural”.

A Nação, por sua vez, espera que a Copa América deixe o clima mais tranquilo entre o Flamengo e Gabigol. E, também, que o Rubro-Negro não envolva mais os seus personagens em ‘tretas’ com a CBF.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos