Mercado abrirá em 8 h 28 min

Flagra: Ford F-150 já roda no Brasil e pode chegar ainda em 2020

br.info@motor1.com (Nicolas Tavares)
Ford F-150 Lariat - Flagra no Brasil

Picape grande foi flagrada no interior de São Paulo na versão Lariat, a mesma já vendida na Argentina

Este ano será bem agitado para a Ford, que promete 8 lançamentos ao longo de 2020. Um deles, conforme apurado por Motor1.com, é a tão esperada Ford F-150. A picape mais vendida do mundo finalmente chegará ao Brasil, e agora foi flagrada em testes com placa verde, circulando pelo interior do estado de São Paulo - como mostram as imagens cedidas pelo portal BF///MS.

Os flagras mostram a Ford F-150 em diversas cidades, como Cruzália e Tarumã, e justamente na versão Lariat, justamente a mesma que já está à venda na Argentina. Como adiantamos, esta seria a variante escolhida para o nosso mercado, equipada com o motor 5.0 V8 Coyote usado no Mustang - facilitando o processo de homologação, treinamento da rede e ajustes para que aceite a nossa gasolina misturada com etanol.

Os 8 lançamentos da Ford no Brasil para 2020

Faz todo sentido ver a F-150 no Brasil. Além de ser a picape mais vendida do mundo e um velho desejo dos fãs (tanto da marca quanto deste tipo de veículo), ela colocará a Ford em um segmento quase inexplorado por aqui. Sua única rival será a Ram 1500, outra antiga promessa que a Fiat-Chrylser enfim trará ao nosso mercado no 2º semestre. Além disso, por ter um peso bruto total de 3.174 kg, a picapona ainda está dentro do limite de 3.500 kg para motoristas com CNH do tipo “B”.

Como virá importada dos EUA e a cotação atual está muito alta, não haverá alternativa senão vir numa opção bem equipada, já que não terá como ter um preço baixo. A configuração luxuosa Lariat oferece itens como rodas de liga leve de 20”, teto panorâmico, painel de instrumentos com tela de 8”, ar-condicionado automático de duas zonas e mais. A Ford ainda pode trazer a picape com alguns dos opcionais, como câmera 360°, piloto automático adaptativo e outros itens.

A parte mecânica seria formada pelo 5.8 V8 de 400 cv e 55,3 kgfm de torque, abastecido somente com gasolina. Trabalha com uma transmissão automática de 10 marchas e tração 4x4 conectável com reduzida. Existe uma opção a diesel, representada pelo 3.0 V6 turbo de 253 cv e 60,8 kgfm, mas que não está prevista neste primeiro momento.

A Ford F-150 não será barata. A estimativa é que tenha preços acima de R$ 200 mil, não só para distanciá-la da Ranger (que custa R$ 196.490 na versão Limited 3.2 Diesel) quanto por conta dos impostos e da cotação do dólar. Enquanto ela não vem, a Ford prepara o lançamento da Ranger Storm, baseada no conceito mostrado em 2018 e que tinha sido prometida para o ano passado.