Mercado fechado
  • BOVESPA

    119.818,91
    -817,48 (-0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.053,15
    -442,26 (-0,97%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,28
    +0,30 (+0,57%)
     
  • OURO

    1.868,50
    +28,30 (+1,54%)
     
  • BTC-USD

    35.046,13
    +646,16 (+1,88%)
     
  • CMC Crypto 200

    696,15
    -4,46 (-0,64%)
     
  • S&P500

    3.853,23
    +54,32 (+1,43%)
     
  • DOW JONES

    31.163,05
    +232,53 (+0,75%)
     
  • FTSE

    6.740,39
    +27,44 (+0,41%)
     
  • HANG SENG

    29.962,47
    +320,19 (+1,08%)
     
  • NIKKEI

    28.523,26
    -110,20 (-0,38%)
     
  • NASDAQ

    13.312,75
    +327,25 (+2,52%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4203
    -0,0783 (-1,20%)
     

Flagra: Ford Bronco Sport já desembarca na América do Sul

br.info@motor1.com (Nicolas Tavares)
·3 minuto de leitura
Ford Bronco Sport - Flagra na Argentina
Ford Bronco Sport - Flagra na Argentina

Crossover é fotografado desembarcando para festival de verão; importação já foi confirmada para o Brasil

O principal lançamento da marca para 2021 na América Latina, o Ford Bronco Sport já foi visto no continente. O SUV médio foi flagrado no terminal do aeroporto de Zárate (Argentina), na unidade que será mostrada durante o festival de verão de Cariló nas próximas semanas. Seu lançamento neste ano já foi confirmado pela fabricante, tanto na Argentina quanto no Brasil – embora a empresa diga apenas que trará “o novo Bronco”, sem especificar qual modelo.

A foto, publicada pelo Argentina Autoblog, mostra uma única unidade do Ford Bronco Sport na cor branca, parado entre outros veículos no terminal do aeroporto. O site também adianta que esta unidade será levada para Cariló, onde acontece anualmente um festival de verão com as fabricantes exibindo suas novidades – é onde a Chevrolet está mostrando a nova Silverado.

O Bronco Sport será o primeiro carro da linha Bronco a vir ao Brasil, e com bons motivos. Para começar, a produção já foi iniciada no México, enquanto o Bronco maior ainda enfrenta problemas e teve sua fabricação adiada novamente. Além disso, a fila de clientes nos Estados Unidos está enorme, considerando as reservas feitas até agora, com mais de 18 meses de espera. E, por fim, como o Bronco Sport é feito no México, virá com um preço mais competitivo por causa do acordo comercial, deixando de pagar o Imposto de Importação de 35%.

Construído sobre a plataforma modular C2, o Bronco Sport será o primeiro carro com essa arquitetura a chegar ao país – outros dois que virão no futuro são o Escape Hybrid e a inédita picape Maverick. O crossover médio tem apenas motores a gasolina, com o 1.5 EcoBoost turbo de 184 cv e 26,3 kgfm, e o 2.0 EcoBoost de 248 cv e 38 kgfm, ambos acoplados ao câmbio automático de 8 marchas e com tração integral. Mesmo derivado da base do Focus, nosso teste nos Estados Unidos mostrou que o carro é bem capaz no off-road.

Ainda há muitos mistérios sobre a chegada do carro ao Brasil. O modelo ainda não foi avistado em testes por aqui, o que indica que deve ser lançado em meados do ano, na melhor das hipóteses. Como a Ford não confirma nem qual é o Bronco que virá, obviamente não há qualquer informação se chegará com os dois motores ou apenas um deles.

Mais sobre o Bronco Sport:

Desta forma, seu posicionamento também não está certo, já que o Territory acabou chegando por mais de R$ 170 mil. Caso a Ford decida posicioná-lo como um produto mais refinado ao Territory, acabará vindo na variante 2.0 turbo, mirando muito mais no Volkswagen Tiguan do que no Jeep Compass. E como o SUV médio da VW custa R$ 212,7 mil na versão R-Line 2.0 TSI topo de linha importada do México, o Bronco Sport deve custar algo nessa faixa.


Source: Argentina Autoblog