Mercado fechado

Fla transforma CT em quartel-general com tecnologia "anti-drones"

O Flamengo envelopou todo o CT de La Videna (Getty Images)

O Flamengo transformou o CT da seleção peruana, em La Videna, num verdadeiro quartel-general para ter privacidade na preparação para a final da Libertadores. Além de envelopar todo o espaço com um material preto, o clube carioca instalou um equipamento com tecnologia para derrubar drones. A informação foi inicialmente publicada pela ESPN e confirmada pelo Yahoo Esportes.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Além de não deixar que nenhum intruso acompanhe as atividades nos prédios vizinhos, a comissão técnica rubro-negro não quer que o clube argentino tenha acesso às imagens de parte dos treinamentos que são fechados para a imprensa. O equipamento corta o sinal do controle remoto de um drone e faz com que o aparelho cai no chão.

Leia também:

O Rubro-Negro fez o seu primeiro treino em solo peruano nesta quinta, em Lavidena. Na sexta-feira, o local voltará a receber uma nova atividade, na parte da tarde. No início da noite, os jogadores farão o reconhecimento do gramado do Estádio Monumental de Lima, local que receberá a última entrevista coletiva antes da decisão.

Flamengo e River Plate decidem o título da Libertadores sábado, às 17 horas. O time carioca volta a disputar uma final da competição após 38 anos, jã os argentinos, atuais campeões, participarão da decisão pela terceira vez, nos últimos cinco anos.

Veja mais de Marcelo Guimarães no Yahoo Esportes

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter