Mercado abrirá em 9 h 20 min
  • BOVESPA

    120.700,67
    +405,99 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.514,10
    +184,26 (+0,38%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,45
    -0,01 (-0,02%)
     
  • OURO

    1.762,60
    -4,20 (-0,24%)
     
  • BTC-USD

    63.109,46
    +335,62 (+0,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.399,73
    +18,78 (+1,36%)
     
  • S&P500

    4.170,42
    +45,76 (+1,11%)
     
  • DOW JONES

    34.035,99
    +305,10 (+0,90%)
     
  • FTSE

    6.983,50
    +43,92 (+0,63%)
     
  • HANG SENG

    28.864,59
    +71,45 (+0,25%)
     
  • NIKKEI

    29.682,66
    +39,97 (+0,13%)
     
  • NASDAQ

    13.976,50
    -37,50 (-0,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7154
    -0,0057 (-0,08%)
     

Fixação de preço de açúcar do Brasil vai a 85,75% da exportação 21/22, diz Archer

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - Usinas brasileiras já fixaram preços de açúcar da safra 2021/22 para 85,75% da exportação projetada na temporada, alta de cerca de cinco pontos percentuais ante o levantamento realizado no mês anterior, estimou nesta sexta-feira a Archer Consulting em nota, com base em dados até 28 de fevereiro.

Usinas têm aproveitado as condições favoráveis de mercado e adiantado como nunca o travamento de negócios para a próxima safra, que começa oficialmente no próximo mês no centro-sul.

Na mesma época do ano passado, usinas tinham fixado cerca de 64,7% da safra 2020/21.

O preço médio apurado acumulado no período registra 13,29 centavos de dólar por libra-peso, sem considerar o prêmio de polarização, ante 13,13 centavos vistos até o levantamento do mês anterior, segundo a consultoria.

Os contratos futuros em Nova York atingiram em fevereiro os maiores níveis desde março de 2017 e estão cotados a cerca de 16 centavos de dólar.

(Por Roberto Samora; Edição de Luciano Costa)