Fisco evita fazer projeções para arrecadação em 2013

A secretária-adjunta da Receita Federal, Zayda Manatta, evitou fazer projeções para arrecadação em 2013. Segundo ela, apenas depois que o Congresso Nacional analisar o Projeto de Lei Orçamentária é que a Receita vai se debruçar sobre as previsões.

"Quem está com a responsabilidade é o Congresso", disse. A secretária salientou que mesmo os prognósticos apresentados no documento estão defasados, porque foram feitos em julho do ano passado, e muitos indicadores já até passaram por revisão, como o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB). A Receita, de acordo com Zayda, tem 30 dias para publicar o decreto com a projeção depois de que o Congresso fizer sua avaliação.

Para ela, apesar do peso das desonerações e da ausência de receitas atípicas em 2012, alguns dos principais indicadores macroeconômicos, como a venda de bens e serviços, a massa salarial, o PIB e o valor das importações em dólar, contribuíram para que a maior parte dos tributos tivesse um comportamento positivo. Segundo Zayda, as desonerações tributárias atingiram R$ 46,44 bilhões.

"Tivemos uma situação interna em relação ao consumo muito boa, e isso se refletiu nos tributos", afirmou a secretária ao comentar os dados divulgados nesta quarta-feira.

Por outro lado, os fatores que mais influenciaram a queda na arrecadação de alguns tributos foram a produção industrial, com resultado negativo, e a menor lucratividade das empresas, também negativa. Esses dois fatores também ocorreram em 2009, com a diferença de que, em 2012, as desonerações foram maiores - além do IPI, no ano passado houve a desoneração da folha e da Cide.

cotações recentes

 
Cotações recentes
Símbolo Preço Variação % Var 
Seus tickers vistos mais recentemente aparecerão aqui automaticamente se você digitou um ticker no campo "Inserir símbolo/empresa" na parte inferior deste módulo.
É necessário permitir os cookies do seu navegador para ver as cotações mais recentes.
 
Entre para ver as cotações nos seus portfólios.

Resumo do Mercado

  • Moedas
    Moedas
    NomePreçoVariação% Variação
    3,1098+0,0486+1,59%
    USDBRL=X
    3,2821+0,0442+1,37%
    EURBRL=X
    0,9472+0,0023+0,24%
    USDEUR=X
  • Commodities
    Commodities
    NomePreçoVariação% Variação

Destaques do Mercado

  • Líderes em Volume
    Líderes em Volume
    NomePreçoVariação% Variação
    31,51-0,14-0,44%
    VALE5.SA
    15,18-0,38-2,44%
    PETR4.SA
    4,93-0,10-1,99%
    USIM5.SA
    5,86+0,15+2,63%
    GOAU4.SA
    16,40-0,52-3,07%
    LAME4.SA
  • Altas %
    Altas %
    NomePreçoVariação% Variação
    10,89+1,29+13,44%
    TEKA4.SA
    4,18+0,45+12,06%
    BEES4.SA
    4,24+0,43+11,29%
    LFFE3.SA
    7,41+0,71+10,60%
    CRPG5.SA
    28,00+2,60+10,24%
    BRSR3.SA
  • Baixas %
    Baixas %
    NomePreçoVariação% Variação
    16,01-3,99-19,95%
    ITEC3.SA
    1,14-0,25-17,99%
    IGBR3.SA
    0,69-0,11-13,75%
    BBTG12.SA
    29,00-4,00-12,12%
    CEED3.SA
    3,33-0,45-11,90%
    CEDO4.SA