Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,33 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,48 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,34
    -0,26 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.744,10
    -14,10 (-0,80%)
     
  • BTC-USD

    60.503,46
    +2.159,03 (+3,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +8,34 (+0,68%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,03 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,27 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +59,08 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.811,00
    +63,25 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7625
    +0,1276 (+1,92%)
     

Fiscais interrompem festa com 500 pessoas em boate na zona norte de São Paulo

Colaboradores Yahoo Notícias
·1 minuto de leitura
Procon acaba com festa para 500 pessoas em casa noturna na zona norte de São Paulo

Uma festa clandestina com cerca de 500 pessoas foi interrompida por fiscais da Fundação Procon, na madrugada deste domingo (28), em São Paulo.

Segundo o portal G1, o flagrante ocorreu por volta das 2h na casa noturna Clube Montanha Danças, localizada na Freguesia do Ó, zona norte da capital paulista.

Leia também

O estabelecimento foi autuado por práticas abusivas ao consumidor por desrespeitar normas estabelecidas pelo Plano São Paulo de combate ao novo coronavírus, como o “toque de restrição”.

Cerca de 200 pessoas não usavam máscaras na hora em que os fiscais chegaram ao local, de acordo com o Auto de Constatação feito pelo órgão. O valor da penalidade ainda será calculado pelo Procon e terá como critério o faturamento da casa ao organizar a festa nesta madrugada, o que infringe as regras da quarentena válida em todo o estado.

Na primeira noite de “toque de restrição”, entre sexta-feira e a madrugada de sábado, dez estabelecimentos que descumpriram as novas normas de circulação definidas pelo governo estadual para combate à pandemia de Covid-19.

Até 14 de março, todo o estado continuará sob toque de restrição entre as 23h e as 5h. A ideia do governo do estado é conter o avanço do coronavírus, em especial as taxas de internação hospitalar de pacientes com a Covid-19.