Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.132,53
    +346,23 (+0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.200,59
    -535,89 (-1,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,86
    +0,95 (+2,12%)
     
  • OURO

    1.806,10
    +1,50 (+0,08%)
     
  • BTC-USD

    18.824,79
    -216,05 (-1,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    371,06
    +0,54 (+0,15%)
     
  • S&P500

    3.629,65
    -5,76 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    29.872,47
    -173,77 (-0,58%)
     
  • FTSE

    6.391,09
    -41,08 (-0,64%)
     
  • HANG SENG

    26.669,75
    +81,55 (+0,31%)
     
  • NIKKEI

    26.296,86
    +131,27 (+0,50%)
     
  • NASDAQ

    12.168,75
    +92,75 (+0,77%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3377
    -0,0592 (-0,93%)
     

Firefox testa recurso para exibir múltiplos vídeos ao mesmo tempo

Rubens Eishima
·1 minuto de leitura

O Firefox pode ter perdido terreno para os concorrentes baseados no projeto Chromium, mas a Mozilla não dá sinais de que pretende parar de inovar com seu navegador. A última versão de testes do programa inclui uma nova opção secreta que permite exibir múltiplos vídeos destacados, usando o recurso picture-in-picture (PiP).

A ferramenta está disponível por enquanto apenas na versão de testes Nightly, de número 84. Ela expande o atual sistema PiP, que permite apenas uma janela destacada de cada vez. O resultado pode parecer confuso ou que distrai o usuário, mas pode ser útil para algumas situações (rodada final de um campeonato de pontos corridos, por exemplo).

Para ativar a opção, é preciso ter o Firefox Nightly 84 ou superior, acessar a página escondida de configurações digitando o seguinte texto na barra de endereço — about:config — e então buscar e ativar a opção media.videocontrols.picture-in-picture.allow-multiple.

Canalception: para quem gosta do Canaltech, que tal ver o CT lado-a-lado com o CT? (Imagem: Canaltech)
Canalception: para quem gosta do Canaltech, que tal ver o CT lado-a-lado com o CT? (Imagem: Canaltech)

Depois de reiniciar o navegador, basta acessar duas páginas de vídeos compatíveis com o recurso PiP do Firefox, por exemplo o YouTube, e usar normalmente o recurso em ambas. É possível mover e redimensionar as janelas individualmente, de maneira semelhante ao recurso original.

Caso tudo dê certo durante o teste, o recurso deve chegar à versão estável na metade de dezembro. Caso tenha testado o novo sistema, deixe seu comentário abaixo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: