Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.910,10
    -701,55 (-0,62%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.661,86
    +195,84 (+0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,29
    +0,68 (+0,79%)
     
  • OURO

    1.790,10
    -3,00 (-0,17%)
     
  • BTC-USD

    37.879,56
    +1.743,00 (+4,82%)
     
  • CMC Crypto 200

    863,83
    +21,37 (+2,54%)
     
  • S&P500

    4.431,85
    +105,34 (+2,43%)
     
  • DOW JONES

    34.725,47
    +564,69 (+1,65%)
     
  • FTSE

    7.466,07
    -88,24 (-1,17%)
     
  • HANG SENG

    23.550,08
    -256,92 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    26.717,34
    +547,04 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    14.430,25
    +443,50 (+3,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9813
    -0,0427 (-0,71%)
     

Firefox não carrega um site após atualização? Aqui está a solução

·2 min de leitura

O Mozilla Firefox começou a apresentar uma falha recentemente que impede o carregamento de páginas da web. O bug faz com que o navegador não abra nenhum site nas versões desktop para Mac, Windows e Linux. Em razão disso, muita gente pensou que fosse um problema com a internet, mas, na verdade, está relacionado com o programa.

Usuários afetados passaram a ver suas guias com o processo infinito de abertura, sem que a nenhuma página fosse mostrada. Ainda não está claro o que causa o problema, mas parece ser uma falha de loop infinito na implementação do HTTP3 do Firefox. Nesse caso, o processo do navegador apresenta conflitos que podem afetar o desempenho e até travar o aplicativo.

O Firefox apresentou um erro que não carregava nenhuma página nas versões para desktop (Imagem: Reprodução/Mozilla)
O Firefox apresentou um erro que não carregava nenhuma página nas versões para desktop (Imagem: Reprodução/Mozilla)

Na terça-feira (11), a Mozilla liberou uma atualização do navegador que pode ter contribuído para o bug. Como o update trouxe um backend baseado no protocolo atualizado, pode haver algum tipo de incompatibilidade que impede a exibição com sucesso das páginas. Segundo alguns usuários relataram, o problema existe há algum tempo, mas veio à tona agora porque o navegador passou a tentar se conectar aos servidores de análise de dados da organização.

O protocolo HTTP3 ainda é uma tecnologia pensada para o futuro, com pouca adesão da maioria dos sites. Mesmo as páginas que o utilizam costumam manter um substituto no modelo antigo para evitar falhas de compatibilidade.

Como corrigir a falha do Firefox que não carrega sites

Até que seja liberada uma correção oficial, a única forma de impedir o carregamento infinito é desabilitar o HTTP3 inteiramente do Firefox. A Mozilla disse já ter feito isso remotamente nesta quinta-feira (13) — basta reiniciar o app —, mas você pode seguir os passos abaixo para conferir se está tudo ok:

  1. Abra uma nova janela do Firefox;

  2. Digite about:config na barra de endereços para abrir a tela de configurações;

  3. Procure a configuração network.http.http3.enabled;

  4. Marque a opção "false" para desativá-la

  5. Feche o navegador e reinicie-o para a configuração ser aplicada

Esse pequeno tutorial deve ajudar a se livrar temporariamente do problema, e pode ser aplicado em todas as versões desktop do Firefox, independentemente da plataforma. Quando um patch for lançado, é só reverter as configurações e navegar normalmente nos serviços compatíveis com o HTTP3.

O Firefox 96 foi lançado com política de cookies mais segura e pequenos ajustes, com otimizações para quem usa Linux. O navegador trouxe um ajuste que vai identificar quando a máquina está com pouca memória disponível, assim pode colocar as guias em descanso para evitar sobrecarga de sistema ou liberar recursos para outras tarefas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos