Mercado abrirá em 8 h 54 min

Firefox 105 deve trazer navegação por gestos e anotação em PDF

A Mozilla deve lançar o Firefox 105 em breve com importantes melhorias para a experiência do usuário, principalmente referente à navegação e ao suporte a PDFs. Uma versão beta foi lançada para Linux e permitiu dar uma olhada no que os desenvolvedores estão preparando.

O navegador deve receber suporte à navegação com auxílio do touchpad Wayland para Linux como padrão. Será possível avançar ou retroceder em páginas visitadas a partir do toque, sem a necessidade de usar o ponteiro do mouse, o teclado e os botões do menu.

Você poderá avançar ou retroceder nas páginas visitadas com o controle de gestos no Firefox 105 (Imagem: Reprodução/OMGUbuntu)
Você poderá avançar ou retroceder nas páginas visitadas com o controle de gestos no Firefox 105 (Imagem: Reprodução/OMGUbuntu)

Antes, era possível avançar ou retroceder no seu histórico de navegação pressionando a tecla ALT e deslizando dois dedos para a esquerda ou direita em um touchpad. Agora, basta o deslizar dos dedos para fazer a mesma tarefa, sem precisar do teclado.

O Firefox mostrará ainda uma animação na tela para indicar que você está navegando por gestos. Não é nada revolucionário, mas finalmente deixa o programa equiparado com outros navegadores do Linux, como o Epiphany. O suporte ao Wayland era falado desde o Firefox 98, mas a Mozilla preferiu adiar para deixar tudo funcionando corretamente.

Anotações em PDFs

Será possível usar o mouse ou dispositivos de desenho para escrever em PDFs (Imagem: Reprodução/OMGUbuntu)
Será possível usar o mouse ou dispositivos de desenho para escrever em PDFs (Imagem: Reprodução/OMGUbuntu)

Um dos recursos mais comuns dos navegadores atuais foram melhorias no suporte a arquivos em PDF. A Mozilla ainda estava atrás dos concorrentes neste quesito, mas deu um gás nas últimas atualizações para deixar a batalha mais igual.

O Firefox 105 adicionou suporte a anotações em PDFs na ferramenta integrada do navegador. O usuário poderá fazer escritos à mão livre, desenhadas com o mouse, com o touchpad ou com uma caneta em um dispositivo de entrada. Os rabiscos poderão ser ajustados em espessura, cor e estilo.

Anotações feitas em texto, com o teclado, poderão ser reposicionadas em qualquer lugar, inclusive reeditadas pelo usuário antes de salvar. O ajuste permitirá fazer considerações sobre documentos, fotos e demais arquivos fechados no formato PDF.

Melhor definição de imagem e outros ajustes

Outra mudança do Firefox 105 será a qualidade de imagem em notebooks e PCs com suporte a grandes resoluções. O navegador apresentava distorção de imagens na hora de renderizar conteúdos de alta qualidade, com uma espécie de visual meio embaçado.

As letras parecem mais nítidas e com cores um pouco mais chamativas que antes. Não está claro se isso será aplicado para todos ou somente no Linux, mas pode ser uma ótima notícia para quem precisa lidar com fotos em alta resolução pelo navegador.

Por fim, o Firefox 105 deve melhorar o gerenciamento de memória no Linux. A Mozilla garante que o programa funcionará melhor mesmo quando a memória do sistema estiver em baixa, mas não disse como funcionará o ajuste.

Usuários do Firefox Snap receberão ajustes para a integração da extensão do GNOME na versão para Ubuntu. O gerenciador de senhas e outras ferramentas devem funcionar melhor a partir da próxima versão.

O Mozilla Firefox 105 deve ser liberado definitivamente em meados de setembro, mas ainda sem uma data definida. A versão 104 chegou com economia de energia e melhoria nas miniaturas de vídeo. A interface de usuário passou a ser limitada para fazer o programa rodar melhor, com redução no consumo da bateria quando estiver próxima do fim.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: