Mercado abrirá em 6 h 39 min
  • BOVESPA

    128.427,98
    -339,48 (-0,26%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.170,78
    +40,90 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,27
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.777,80
    -5,60 (-0,31%)
     
  • BTC-USD

    32.792,43
    -1.417,39 (-4,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    791,46
    -18,74 (-2,31%)
     
  • S&P500

    4.241,84
    -4,60 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    33.874,24
    -71,34 (-0,21%)
     
  • FTSE

    7.074,06
    -15,95 (-0,22%)
     
  • HANG SENG

    28.886,62
    +69,55 (+0,24%)
     
  • NIKKEI

    28.875,23
    +0,34 (+0,00%)
     
  • NASDAQ

    14.301,50
    +38,50 (+0,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9287
    +0,0002 (+0,00%)
     

Firefly contrata SpaceX para envio de módulo lunar Blue Ghost em 2023

·2 minuto de leitura

A empresa Firefly Aerospace Inc. anunciou hoje (21) seu contrato assinado com a SpaceX para lançar seu módulo lunar Blue Ghost em 2023 a bordo do lançador Falcon 9. O módulo é destinado a transportar 10 cargas úteis para a missão Comercial Lunar Payload Services (CLPS), da NASA, além de outras cargas comerciais contratadas separadamente.

Embora a Firefly esteja desenvolvendo seu próprio veículo de lançamento, o Alpha — o primeiro lançamento deve acontecer nas próximas semanas —, ele ainda não tem capacidade suficiente para levar o Blue Ghost para a Lua. Portanto, a empresa contratou a SpaceX para realizar este trabalho. “O alto desempenho do veículo de lançamento Falcon 9, da SpaceX, permite um trânsito lunar usando recursos mínimos de propulsão do Blue Ghost, permitindo, assim, que a sonda entregue mais de 150 kg de carga útil à superfície lunar”, explicou Shea Ferring, vice-presidente da Firefly.

Concepção artítisca do Blue Ghost sob a superfície lunar (Imagem: Reprodução/Firefly Aerospace)
Concepção artítisca do Blue Ghost sob a superfície lunar (Imagem: Reprodução/Firefly Aerospace)

O Blue Ghost faz parte de um esforço da empresa para desenvolver espaçonaves e rebocadores orbitais para seu próprio sistema de transporte espacial. “O módulo lunar é realmente o primeiro contrato que validou nosso paradigma de transporte espacial de ponta a ponta que estamos tentando apresentar na Firefly”, explicou Tom Markusic, chefe executivo da empresa. A sonda pousou no Mar das Crises, na região da bacia das crises da Lua e, segundo nota oficial, toda a operação deve levar cerca de 14 dias até que o modo chegue em segurança à superfície.

Com o contrato firmado com a Firefly, agora a SpaceX está responsável por cinco das seis missões que estão em andamento pela CLPS, concedidas pela NASA. Entre seus clientes estão empresas como a Intuitive Machines, a Masten Space Systems e a Astrobotic — em 13 de abril deste ano, a Astrobotic anunciou que seu módulo de pouso Griffin, carregando o rover VIPER, da NASA, será lançado em um Falcon Heavy.

Foguete Falcon 9 e o módulo a cápsulo Crew Dragon, da SpaceX (Imagem: Reprodução/NASA)
Foguete Falcon 9 e o módulo a cápsulo Crew Dragon, da SpaceX (Imagem: Reprodução/NASA)

A Firefly recebeu o pedido da NASA em fevereiro deste ano e, deste então, vem trabalhando para o rápido progresso do programa Blue Ghost. E vem conduzindo testes de navegação e visão regulares nas imediações de uma passagem parecida com a da Lua, em Briggs, Texas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos