Mercado abrirá em 9 horas 1 minuto
  • BOVESPA

    110.672,76
    -3.755,42 (-3,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.402,73
    -283,30 (-0,54%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,50
    -0,46 (-0,55%)
     
  • OURO

    1.773,00
    +2,50 (+0,14%)
     
  • BTC-USD

    63.901,26
    +2.078,05 (+3,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,10
    +16,75 (+1,14%)
     
  • S&P500

    4.519,63
    +33,17 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    35.457,31
    +198,70 (+0,56%)
     
  • FTSE

    7.217,53
    +13,70 (+0,19%)
     
  • HANG SENG

    26.055,13
    +267,92 (+1,04%)
     
  • NIKKEI

    29.261,51
    +45,99 (+0,16%)
     
  • NASDAQ

    15.379,75
    -18,75 (-0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4993
    +0,0031 (+0,05%)
     

Fique de olho em empresas com olhar social e ambiental, diz superintendente do Itaú

·2 minuto de leitura

O que você vai encontrar nesta entrevista:

  • Superintendente do Itaú diz que é que bom ficar de olho em empresas com a agenda ESG

  • A boa oportunidade mesmo é para companhias que já estão na parte social da sigla

  • Investidores ficarão cada vez mais atentos à agenda ambiental das empresas

Bruno Crepaldi é Superintendente Jurídico do Itaú e, claro, tem algumas dicas para quem tem um dinheiro sobrando para investir. "Fique de olho nas empresas que já estão falando dessa parte ambiental, mas também fiquem atentos para aqueles que já estão passando para a parte social", diz ele.

Leia também:

Essa preocupação com a sigla ESG (Social, Governança e Ambiental) veio para ficar e as empresas já perceberam que as práticas atuais não se sustentam com o planeta do jeito que está. "Investidores vão cobrar cada vez mais das empresas essa agenda", reflete Bruno.

Dificuldade em tratar da legenda LGBT

No primeiro papo da série de entrevistas com Bruno, ele contou como foi difícil falar que era gay num ambiente preconceituoso e machista. Um temporada de estudos nos EUA ajudou bastante nessa questão. Ele também fez comentários sobre o Pink Money e como é importante, mesmo que por um mês, as empresas entrarem na campanha pelos direitos da comunidade LGBT.

Lado nerd

E o que um superintendente de um grande banco gosta de fazer para relaxar? No caso de Bruno, o lado nerd fala mais alto. Jogos online, ainda mais na pandemia, o divertiram bastante. Na parte de drinks, um clássico imortalizado por James Bond, o dry martini. Livro favorito? Como bom nerd, a trilogia Senhor dos Anéis ficou em primeiro lugar para ele.

Diretoria do Itaú presa?

Bruno também lembro de um perrengue daqueles logo no início de sua carreira no banco. Uma reunião na Presidência do Itaú discutia uma operação e os diretores se assustaram quando souberam que poderiam ser acusados de gestão temerária e, depois, presos. Eles logo quiseram saber quem deu o parecer. Bruno Crepaldi, com apenas dois meses, no banco, levantou mão com aquela vergonha, mas depois explicou melhor a situação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos