Fipe vê alta de 2,39% em preços no comércio eletrônico

Os preços de produtos no comércio eletrônico subiram 2,39% em janeiro, na comparação com o mês anterior, de acordo com o índice da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas e do site Buscapé (Fipe/Buscapé). Este é o 24º mês de apuração do indicador. No período, houve retração nos preços em 19 meses. A queda média mensal nos 11 meses anteriores a janeiro foi de 0,82%.

De dez grupos de produtos, apenas um, o de Moda e Acessórios, teve retração nos preços em janeiro, de 2,13%. A maior alta foi do grupo Casa e Decoração, de 3,81%. Das 151 categorias de produtos, 138 tiveram um aumento médio de preço de 2,43% e 13 tiveram queda média de 2,29%. Os maiores aumentos de preço foram de bicicleta ergométrica (6,39%) e climatizador (5,24%). As duas maiores quedas foram para bolsas (-3,7%) e webcam (-1,8%).

Na comparação com o mesmo mês de 2012, janeiro registrou queda de 6,42% nos preços no comércio eletrônico. Das 151 categorias de produtos, 108 tiveram queda média de preço de 7,87% e 43 aumento médio de 4,19% em 12 meses. O grupo com a maior queda foi o de Eletrônicos (-15,36%), influenciado principalmente por televisores, que caíram 17,13%. As maiores quedas de preços na comparação de janeiro do ano passado com o mesmo mês deste ano foram camisa de futebol (-13,29%), pen drive (-13,25%) e tênis (-13,22%). Os maiores aumentos foram: cartucho de impressora (7,40%), tenda gazebo (6,73%) e barraca (4,40%).

O grupo Eletrodomésticos, que é o de maior peso no e-commerce, teve aumento de preço de 0,07% na comparação de janeiro com um ano antes, "revertendo uma longa série de sucessivas quedas anuais", de acordo com a Fipe/Buscapé. Os destaques para aumentos anuais de preço foram: condicionador de ar (10,79%), ducha/chuveiro (3,84%) e microondas (3,48%).

Carregando...