Fipe: relação etanol/gasolina fica em 67,5% em novembro

A relação entre o valor médio do etanol e o preço médio da gasolina aumentou e atingiu a marca de 67,51% em novembro, após ter alcançado o nível de 66,83% em outubro na cidade de São Paulo, de acordo com o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). O número apurado no mês passado, contudo, ficou inferior à taxa de 71,60% registrada em novembro de 2011.

"(A relação) Está aumentando, o que é normal para esta época do ano. Ainda é cedo para afirmar que irá romper o patamar de 70% em dezembro, embora haja sinais de aproximação", avaliou o coordenador do IPC, Rafael Costa Lima, acrescentando que os preços do etanol já estão com elevação acima de 1% nas pesquisas semanais e a gasolina também está subindo (0,60%).

De acordo com a Fipe, os preços do etanol cederam 0,03% em novembro, após elevação de 0,07% em outubro. Já a gasolina continuou em queda (de -0,06%) no penúltimo mês do ano, ante declínio de 0,04% anteriormente.

Para especialistas, o uso do etanol deixa de ser vantajoso em relação à gasolina quando o preço do derivado da cana-de-açúcar representa mais de 70% do valor da gasolina. A vantagem é calculada considerando que o poder calorífico do motor a etanol é de 70% do poder dos motores a gasolina. Entre 70% e 70,50%, é considerada indiferente a utilização de gasolina ou etanol no tanque.

Carregando...