Mercado fechado

Fiocruz volta a recomendar máscaras contra covid-19 em locais fechados

O Brasil volta a enfrentar aumento de casos da covid-19 e, diante de uma possível nova onda da pandemia, especialistas recomendam que máscaras sejam usadas em locais fechados, buscando conter a transmissão do coronavírus SARS-CoV-2. Esta é a recomendação da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

A orientação de que máscaras sejam usadas em ambientes fechados, feita pelo Observatório Covid-19 Fiocruz, está alinhada com a Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (MS). Além disso, o equipamento de proteção deve ser adotado em locais com pouca ventilação ou com aglomeração de pessoas.

Inclusive, na quinta-feira (17), o uso de máscaras contra a covid-19 voltou a ser obrigatório dentro das dependências da Fiocruz, como no transporte coletivo institucional, em salas e em momentos de aglomeração.

Fiocruz defende uso de máscaras em locais fechados

Fiocruz orienta uso de máscaras contra a covid-19 em locais fechados (Imagem: Choreograph/Envato)
Fiocruz orienta uso de máscaras contra a covid-19 em locais fechados (Imagem: Choreograph/Envato)

Independentemente de qual subvariante da Ômicron esteja em circulação, como a BQ.1 ou a BE.9, os métodos de prevenção da covid-19 continuam a ser os mesmos. Em outras palavras, as máscaras ainda são uma alternativa simples e eficaz de proteção.

Neste sentido, a recomendação da Fiocruz sobre o uso do item em locais fechados é especialmente importante para quatro grupos que estão em maior risco:

Onde voltar a usar máscaras contra a covid-19?

Pensando no uso das máscaras em locais fechados, é recomendável usá-las em locais como:

  • Transporte coletivo, como ônibus e metro;

  • Avião e aeroportos;

  • Salas de aula e escritórios;

  • Hospitais e farmácias;

  • Supermercados;

  • Outros locais com aglomerações e baixa circulação de ar.

É também importante lembrar que outra medida importante de proteção contra a covid-19 é tomar as doses de reforço da vacina. Quem pode receber uma dose extra, deve procurar os centros de imunização e, com isso, atualizar o nível de anticorpos no organismo contra o vírus.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: